PREFEITURA MUNICIPAL DE SERRINHA

PREFEITURA MUNICIPAL DE SERRINHA

SERRINHA ANTIGA: PRAÇA LUIZ NOGUEIRA

SERRINHA ANTIGA: PRAÇA LUIZ NOGUEIRA

PREFEITURA MUNICIPAL DE SERRINHA INFORMA

PREFEITURA MUNICIPAL DE SERRINHA INFORMA

AQUI NA RÁDIO CLUBE:DE SEGUNDA A SEXTA -FEIRA,A PARTIR DAS 2O HORAS JOSÉ RIBEIRO APRESENTA:

AQUI NA RÁDIO CLUBE:DE SEGUNDA A SEXTA -FEIRA,A PARTIR DAS 2O HORAS JOSÉ RIBEIRO APRESENTA:

REPRISE:"Passando a Limpo" da Regional AM

REPRISE:"Passando a Limpo" da Regional AM
Segunda,Quarta e Sexta-Feira,as 21:00 hs,Terça e Quinta -Feira,as 18 horas.

Você está ouvindo:Rádio Clube Serrinha.NET

A BIBLIA É A PALAVRA DE DEUS!

A BIBLIA É A PALAVRA DE DEUS!

terça-feira, 29 de julho de 2014

Você já fez os exames das hepatites virais “B” e “C”?


Não dói, é rápido e gratuito.... A campanha teve início nesta segunda-feira (28) e vai até o dia 02 de agosto.
Uma equipe de profissionais está realizando exames rápidos nos stands da campanha, que estão montados na Praça Luiz Nogueira e na Praça Miguel Carneiro (Igreja Nova). Esta é mais uma realização da Prefeitura de Serrinha, através da Secretaria de Saúde e da Coordenação de Atenção Básica. Compareça a um dos stands munido de documento de identificação (RG).

Adriano Lima recebe apoio de eleitores de Quixabeira e Capim Grosso

No domingo (27/07), o candidato Adriano Lima, esteve no municípios de Quixabeira e Capim Grosso para prestigiar o GP de Corrida de Cavalos Quarto de Milha de Quixabeira. Adriano recebeu apoio dos criadores e proprietários desses animais e de muitos amigos que estavam presentes no evento.

ESPAÇO DOS CANDIDATOS: ribeiroanos70@gmail.com

Loja da Vaquejada do parque Maria do Carmo- Serrinha já está funcionando no Shopping Iguatemi

Já está funcionando no 3º piso do shopping Iguatemi  a loja da Vaquejada em Serrinha.  Até as vésperas do evento,  que acontece entre os dias 4 e 7 de setembro, no Parque Maria do Carmo, em Serrinha, a 170 km de Salvador, é possível adquirir ingressos para as festas Bezerro Manhoso, Vaca Atolada e Boi Malandro.

Em Salvador, além da loja oficial, os ingressos podem ser adquiridos nos balcões Pida, Ticket Mix, Veromundo, Balcão de Ingressos, Line Bilheteria e Academia Alpha .

Para quem está em outros municípios, basta acessar o  link http://www.vaquejadadeserrinha.com.br/postos-credenciados  para saber onde comprar.  As vendas também podem ser feitas pela internet, por meio do hot site  http://vendas.parquemariadocarmo.com.br/ . Os preços variam de R$40 reais (pista) a R$ 300 (camarote).

PROGRAMAÇÃO

O evento tem início no dia 4 de setembro, a partir das 10h, com a abertura das competições. Posteriormente, às 13h, a Missa do Vaqueiro e uma cavalgada de abertura da Vaquejada percorre as ruas da cidade. Em três dias de shows, a Vaquejada vai receber grandes estrelas da música baiana e brasileira. Na sexta-feira (5), a partir das 18h, a animação da festa batizada como ‘Bezerro Manhoso’ fica por conta da dupla Zezé di Camargo e Luciano, Psirico, Solteirões do Forró, Chicabana e Pablo.

No sábado (6), a partir das 13h, se apresentam na ‘Vaca Atolada’, Luan Santana, Aviões do Forró, Harmonia do Samba, Saulo Fernandes, Chiclete com Banana e Arreio de Ouro. Já domingo (7), na festa do ‘Boi Malandro’, que também começa às 13h, o público vai curtir shows de Ivete Sangalo, Wesley Safadão e Banda Garota Safada, Léo Santana, Thiaguinho e Seu Maxixe. Enquanto isso, na pista, grandes vaqueiros concorrem a R$ 350 mil em prêmios.

Bahia é o 9º clube mais endividado do Brasil; Vitória é 19º

Uma pesquisa divulgada pela BDO Consultoria e pulicada pelo jornal "O Estado de S. Paulo", nesta terça-feira (29), apontou o Bahia como um dos dez clubes donos das maiores dívidas de tributos do futebol brasileiro. No ranking, o Tricolor aparece na 9ª colocação.

De acordo com o levantamento feito pela empresa, o Bahia possui R$ 110,4 milhões em dívidas. O Esquadrão só está atrás de Flamengo, Botafogo, Vasco, Atlético (MG), Fluminense, Corinthians, Internacional e Santos neste quesito.

Já o rival Vitória aparece na 19ª posição, com uma divida bem menor, que gira em torno de R$ 20,3 milhões. O Rubro-Negro baiano só perde para Ponte Preta, Sport, Figueirense, Atlético (PR) e Criciúma.

Ainda segundo a pesquisa, o clube mais endividado do país é o Flamengo. O rubro negro carioca aparece com assustadores R$ 386,4 milhões em dívidas.

Reinaldo Azevedo:" Lula falou pelos cotovelo "


Pois é… Vamos ver por onde começar.

Luiz Inácio Lula da Silva era o convidado de honra da 14ª Plenária da CUT, a Central Única dos Trabalhadores, nesta segunda-feira, em Guarulhos. O evento segue até quinta-feira, dia 31, e deve contar com a presença da presidente Dilma Rousseff. Lula falou pelos cotovelos, puxou o saco de banqueiro, pediu a cabeça de uma bancária, disse palavrão, fez terrorismo eleitoral… Tudo em parceria com dirigentes da entidade… Barbarizou, enfim, como é de seu feitio. Vamos ver.

Sindicatos e centrais sindicais tiram parte considerável de seu sustento de um imposto — a tal contribuição obrigatória, que está na CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) desde 1940. Ainda que o vivente não seja sindicalizado, é obrigado a doar para a entidade sindical um dia de seu trabalho. Em 2008, foi aprovada a Lei 11.648, que reconhecia a existência das centrais sindicais e lhes entregava uma fatia da verba bilionária. Só para vocês terem uma ideia, em 2013, a contribuição sindical rendeu R$ 3,2 bilhões, que têm de ser assim distribuídos:
a) 5% para a confederação correspondente;
b) 10% para a central sindical;
c) 15% para a federação;
d) 60% para o sindicato respectivo; e
e) 10% para a “Conta Especial Emprego e Salário”.

Muito bem! Isso quer dizer que os sindicatos arrecadaram, sem precisar fazer o menor esforço, por determinação legal, R$ 1,920 bilhão (sim, um bilhão, novecentos e vinte milhões de reais). As centrais, sozinhas, ficaram com R$ 320 milhões. No projeto de lei original, essas entidades teriam de prestar contas ao TCU sobre o uso desse dinheiro. Lula vetou. Elas gastam a grana, que é de todos os trabalhadores, como lhes der na telha, sem prestar contas a ninguém.

Sigamos. Lula foi ao evento da CUT. E ouviu o presidente da entidade, Wagner Freitas, fazer terrorismo eleitoral contra o tucano Aécio Neves, defendendo, de quebra, a candidatura de Dilma Rouseff. Afirmou o rapaz: “Alguém acha que a eleição do Aécio vai significar investimento em política pública de qualidade no Brasil? Uma coisa central é reeleger a presidente Dilma. É importantíssimo para nós continuar tendo um governo que se articule direto conosco”.

O rapaz não parou por aí: “Se nós conseguirmos todos os aumentos nas campanhas salariais e o Aécio ganhar a eleição, vamos ter problema e teremos de fazer campanha para defender a empresa pública, os nossos direitos e o salário. Se o Aécio ganhar a eleição, ele vai acabar com a conquista que se consolidou com o presidente Lula, de valorização do salário mínimo”.

É incrível! Essa gente é capaz de dizer as mentiras mais disparatadas sem nem mesmo corar. Atenção, meus caros! Nos oito anos do governo FHC, o mínimo teve valorização real (descontada a inflação, pelo IPCA), de 85,04%; nos oito anos de Lula, foi um pouco maior: 98,32%; no quatro anos de Dilma, deverá ser de apenas 15,44%.

E isso foi apenas parte das falas terroristas do dia. Aí Lula pegou o microfone. Afirmou que as conquistas sociais só terão continuidade se Dilma for reeleita. E se referiu ao informe que o Banco Santander (leiam post) enviou a alguns correntistas, alertando para o risco de deterioração dos indicadores econômicos caso a presidente volte a subir nas pesquisas. O chefão petista não teve dúvida: puxou o saco do banqueiro, o presidente mundial do Santander, Emilio Botín, e pediu a cabeça da bancária, a analista. E apelou, como é de seu feitio, a um palavrão:

“Botín, é o seguinte, querido: tenho consciência de que não foi você quem falou. Mas essa moça tua que falou não entende porra nenhuma de Brasil, e nada de governo Dilma. Manter uma mulher dessa em cargo de chefia, sinceramente… Pode mandar embora e dar o bônus dela pra mim que eu sei o que falo.”

Ora vejam… Lula, segundo quem Dilma vai governar para o andar de baixo, e seus adversários, para o andar de cima, ficou de joelhos diante do banqueiro, que é do andar de cima, e pediu a cabeça da bancária, que é do andar de baixo.

Afirmei que o ato foi escandalosamente ilegal, certo? Pois é. Existe uma lei que regulamenta as eleições: a 9.504. Estabelece o Inciso VI do Artigo 24:
Art. 24. É vedado, a partido e candidato, receber direta ou indiretamente doação em dinheiro ou estimável em dinheiro, inclusive por meio de publicidade de qualquer espécie, procedente de:
(…)
VI – entidade de classe ou sindical.

A simples expressão de preferência de um órgão sindical, ainda que por meio de um boletim eletrônico, que pode sair a custo quase zero, caracteriza uma forma de publicidade. O que se viu nesta segunda foi muito mais: a CUT organizou uma plenária que serviu, de modo escancarado, para fazer campanha eleitoral. É evidente que está caracterizada aí uma doação a Dilma “estimável em dinheiro”. E de que “dinheiro” estamos falando? Justamente daquele que sai do bolso de todos os trabalhadores, sejam eles sindicalizados ou não.

Que coisa fabulosa! O TSE mandou uma consultoria tirar da Internet simples avaliações que fazia sobre as possíveis consequências da eventual reeleição de Dilma. Estamos a falar de uma consultoria privada, que faz isso às próprias expensas. Lê a sua análise quem quer. E no caso da CUT? Parte do dinheiro que a entidade movimenta é pública. Todos os trabalhadores a sustentam, queiram ou não, sejam sindicalizados ou não. Contrariando flagrantemente a lei, seus dirigentes expressam preferência por uma candidatura, demonizam a outra e ainda chamam para discursar o garoto-propaganda de um partido.

Aí, em nome dos trabalhadores, o dito-cujo, que atende pelo nome de Lula, faz mesuras ao banqueiro e chuta o traseiro da bancária.

Não sei se o evento foi mais asqueroso do que ilegal ou mais ilegal do que asqueroso.

Por Reinaldo Azevedo(Veja)

Cuidar dos pais não significa inverter papéis, mas zelar por eles

Envelhecer é um processo natural, gradativo e contínuo. Mas, nem por isso, a chegada da terceira idade, aos 60, deixa de ser assustadora para boa parte das pessoas. Mesmo sabendo que o envelhecimento é o único meio de viver por muitos anos, os idosos nem sempre se conformam com as limitações físicas –e, às vezes, psicológicas– que a passagem do tempo impõe. Para os filhos, o processo também não é dos mais fáceis, já que eles se deparam com a necessidade de ter cuidados com aqueles que dedicaram a vida para criá-los.

Para a assistente social Maria Angélica dos Santos Sanchez, coordenadora do curso de gestão em saúde do idoso da PUC-RJ (Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro), o filho transita mais facilmente por essa nova fase quando se recusa a acreditar numa sentença já muito difundida, a de que ao envelhecermos, viramos crianças novamente.

Pensar dessa maneira, segundo ela, leva à infantilização do idoso. "Jamais seremos pais de nossos pais. Se estivermos com 50 anos, cuidando de alguém com 80, precisamos nos lembrar que essa pessoa sempre terá 30 anos a mais de experiência", declara.

Ela reforça que o respeito deve continuar sendo a base da relação entre pais e filhos, não importa a idade. "Depender de ajuda para atividades diárias, por conta de alguma patologia, não tira da pessoa toda a história de vida construída. Mesmo nos casos em que a cognição está comprometida, é preciso respeitar, na medida do possível, a vontade do outro", diz Maria Angélica.

Isso significa que qualquer decisão a ser tomada, que envolva mudanças na vida do idoso, precisa ser combinada com ele. "A comunicação é muito importante. O ideal é conversar para entrar num consenso e não tolher as opiniões do outro. É preciso explicar os prós e contras de cada alteração na rotina", explica o geriatra Alexandre Busse, do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

Em casos em que o idoso não está mais apto a decidir, por conta da perda de lucidez parcial ou total, os filhos podem tomar a dianteira, mas sem deixar de respeitar a história de vida, a personalidade e os hábitos daquela pessoa.

Como regra geral, é preciso intervir apenas quando a rotina do idoso desanda. "Se o indivíduo mantém suas atividades de vida diária preservadas, sem prejuízos para o seu cotidiano, podemos considerá-lo saudável. O envelhecimento patológico apresenta, necessariamente, uma desordem cognitiva", diz a gerontóloga Sandra Rabello, coordenadora de curso de cuidadores de idosos da UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro).

Para perceber se há ou não há um problema, é preciso observar as tarefas realizadas atualmente pelo idoso e ver se a forma de agir mudou muito.

Testes

"Algumas perguntas a serem feitas são: a casa continua com a arrumação que costumava ter? Tem comida antiga na geladeira ou falta comida no armário? As caixas de medicação estão com os comprimidos usados na dose adequada? O autocuidado parece adequado? As panelas estão com marcas de queimado? Os armários ou gavetas parecem muito desorganizados?", exemplifica Maria Angélica. Vale também reparar se o familiar deixou de fazer alguma atividade por vontade própria ou por dificuldade motora ou cognitiva.
Quando as alterações são confirmadas, o melhor a fazer é levar o idoso a um médico geriatra, que fará testes para analisar as reais capacidades da pessoa, além de dar as recomendações específicas. No geral, o ambiente em que o idoso mora também deve ser pensado para não oferecer perigo. É recomendável evitar tapetes, fios espalhados e pisos escorregadios. Também vale adaptar móveis que tenham quinas ou sejam altos demais e que dependam do uso de bancos ou escadas para serem alcançados. O excesso de mobília e a iluminação fraca precisam ser, igualmente, repensados.

Os idosos que moram sozinhos precisam de acompanhamento. Porém, segundo Sandra Rabello, é preciso respeitar a independência e a individualidade deles, garantindo, ao mesmo tempo, proteção e assistência. Uma medida importante é manter, em casa, cadernos de telefones atualizados, com nomes dos principais médicos e outros profissionais que atendem o idoso, para casos de emergência, além dos endereços e telefones dos filhos.

"Também recomendo deixar em local de fácil acesso o cartão do plano de saúde e os documentos do idoso", diz a geróntologa. Outro cuidado é manter contato frequente com pessoas que estão próximas do idoso, como vizinhos ou o zelador do prédio. "Hoje em dia, existem empresas que instalam um aparelho em casa, com um botão de emergência que pode ser acionado rapidamente, em caso de necessidade. É uma medida reconfortante para os filhos e que dá segurança ao idoso que mora sozinho", diz o geriatra.

O fato de o idoso já não conseguir mais desenvolver como antes algumas atividades não deve ser suficiente para convencer os filhos de que ele se tornou incapaz de assumir qualquer tipo de tarefa cotidiana. "É errado os filhos quererem superproteger os pais. Algumas capacidades realmente diminuem pelo desuso. Mas é preciso deixar que o idoso continue fazendo o que ele sabe", diz Busse.

A dica é oferecer ajuda, mas não agir por ele, para preservar a autonomia do idoso. Assim, se ele já não consegue mais ir ao mercado, o filho pode se oferecer para fazer as compras, desde que o pai fique responsável pela lista. Da mesma forma, a dificuldade para se vestir não impede que o idoso escolha o que quer usar.

A medicação diária é um ponto que merece atenção. Para os pais que esquecem de tomar os remédios esporadicamente, a estratégia é colocar uma tabela com os horários de ingestão em um local visível, como a geladeira. Ou, ainda, separar os medicamentos em caixinhas para cada dia da semana e ligar para o familiar, lembrando-o de tomar.

"Se essas iniciativas não funcionarem, será preciso entender a raiz do problema. Muitos idosos relutam em ingerir determinados comprimidos por não estarem conseguindo engolir. Nesse caso, é necessária uma avaliação profissional", diz a assistente social. Visitas e telefonemas periódicos são fundamentais, tanto para acompanhar o estado de saúde da pessoa quanto para preservar os laços afetivos.

Cuidados profissionais
Quando o idoso chega ao ponto de depender de outra pessoa para todas as atividades básicas, como se locomover, tomar banho e se alimentar, ou, então, diante de doenças degenerativas, como Alzheimer e Parkinson, muitas famílias consideram contratar um cuidador profissional. A medida ajuda a aliviar a carga sobre a família. E, para Alexandre Busse, essa decisão é infinitamente melhor do que revezar os cuidados entre os filhos, quando a opção é levá-lo de uma casa para outra, de tempos em tempos.

"Isso provoca muitas alterações de comportamento, como agitação e dificuldade para dormir. O ideal é que o cuidador seja trocado, mas o ambiente permaneça o mesmo", diz. O cuidador profissional precisa ter formação no trato com idosos, o ideal é que tenha feito cursos em instituições especializadas. "Deve-se exigir qualificação, pontualidade, responsabilidade, ética, discrição e sensibilidade com o idoso", diz Sandra Rabello.

Caso a família já tenha esgotado todas as possibilidades de manutenção da pessoa idosa no ambiente familiar, há, ainda, a opção de institucionalizar o idoso. Nesse caso, o melhor é buscar uma instituição respeitada e com profissionais qualificados na área. Fonte:mulher.uol.com.br

Número de pastores candidatos cresce 40% nestas eleições


As eleições deste ano contarão com 270 candidatos que se declararam pastores, um crescimento de 40% com relação ao pleito de 2010 --quando 193 pessoas disseram ocupar o cargo. Além disso, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) registrou a candidatura de 32 bispos (25% a menos do que em 2010) e 16 padres (30% a menos).

O PSC lidera a indicação de sacerdotes: são 37 clérigos evangélicos --um deles é o pastor Everaldo, que disputa a presidência da República pelo partido. Nas últimas pesquisas Datafolha e Ibope, ele estava em quarto lugar com 3% das intenções de voto.

Os partidos de esquerda lideram as indicações de párocos católicos: o PT conta com cinco padres, e o PC do B, com três. Nenhum candidato adotou o termo rabino ou imã.

A população evangélica do país cresceu 61,5% em dez anos e atingiu a marca de 42,3 milhões de fiéis, cerca de 22,2% da população brasileira, segundo dados do Censo 2010 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), divulgado em 2012.  

O voto evangélico é cortejado tanto pelo partido da presidente Dilma Rousseff (PT), quanto por seu principal adversário na disputa, o tucano Aécio Neves. Atualmente a bancada evangélica na Câmara Federal tem 66 parlamentares.

Nesta semana quinta-feira (31), a presidente deve participar da inauguração do Templo de Salomão da Igreja Universal do Reino de Deus. O local tem 74 mil metros quadrados de área construída (3,2 vezes maior a Basílica de Aparecida), o equivalente a 18 andares de altura e capacidade para 10 mil pessoas.

Durante as eleições presidenciais de 2010 a questão do aborto entrou na pauta dos candidatos. José Serra (então candidato do PSDB à Presidência) e seu vice, Índio da Costa (DEM), insinuaram que Dilma seria defensora da prática.

Propaganda no templo
No último dia 18, o pastor Everaldo participou de um culto evangélico em Brasília e intercalou orações e promessas para o futuro do país. A lei eleitoral proíbe a realização de campanha dentro de templos religiosos.

Se configurado o descumprimento da regra, o candidato pode ser multado por propaganda irregular. Os valores vão de R$ 2.000 a R$ 8.000. O candidato negou que tenha feito campanha. (Com Estadão Conteúdo)

Rubem Carneiro:" Osni é desonesto e seu secretário de saúde é seu testa de ferro"


Olá meus amigos! Hoje entrevistei na Rádio Regional AM,o médico Rubem Carneiro,um dos diretores do Hospital Manoel Antunes,que está fechado temporariamente.O foco do bate-papo foi basicamente sobre a situação da unidade hospitalar.Rubem,também falou sobre "a perseguição política"que ele garante está sendo vítima."
(foto-Rubem)
''O prefeito Osni e seu testa de ferro(secretário de saúde Fernando Oliveira)
fecharam o Manoel Antunes para tentar me prejudicar politicamente.Todas as justificativas ditas por eles para acabar com o hospital são mentirosas."Disse o médico.Para Dr.Rubem,o prefeito gasta o dinheiro público sem nenhuma responsabilidade 'dando dinheiro'a quem não presta qualquer tipo de serviço ao município."estou de posse desta documentação do TCM,onde consta nomes de diversas pessoas que receberam pagamento de até mil reais,sem nunca ter trabalhado na prefeitura." Perguntado sobre as declarações de Osni,que só iria reabrir o hospital se ele pedisse exoneração da função de diretor clínico,Rubem foi taxativo:" Só saio de lá quando morrer.Nunca roubei nada lá,sempre atendi aos meus pacientes com responsabilidade e carinho.Tenho uma vida lá dentro,não vou aceitar sair como qualquer um,como se eu fosse desonesto."
(Fernando)
Rubem disse também que tem a promessa dos seu candidato a governador da Bahia na próxima eleição."O meu candidato disse que assim que assumir os destinos do Estado,vai reabrir o Manoel Antunes com tudo que ele tem direito,"finalizou. Olha meus caros amigos,nesta briga entre Rubem e Osni,o grande prejudicado é a população.Não tenho dúvidas que tudo isto terá resposta nas urnas.Esse negócio de fechar hospital deveria resultar em uma fiscalização com mais consistência das autoridades,que apenas acompanha os fatos.

Abstenção nas eleições gerais é maior do que nas municipais

Análise comparativa realizada pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) a partir de números das quatro últimas eleições aponta a ausência nas urnas é maior nas eleições gerais, como a que acontecerá esse ano em outubro e elegerá deputados estaduais e federais, senador, governador e presidente. Em 2010, deixaram de votar 2.057.633 eleitores em toda a Bahia, ou seja, 21,55% dos 9.544.368 aptos a comparecerem às urnas naquele ano. Já em 2012, quando as eleições foram municipais, o percentual de ausência caiu para 18,27%, mesmo com o número de eleitores maior: 10.110.122 pessoas. O coordenador de eleições do TRE-BA, Maurício Amaral, estima que o índice de abstenção nas eleições gerais é em média 4% maior do que nas eleições municipais. “Em um eleitorado de pouco mais de dez milhões, como é o caso da Bahia, isso representa mais que todos os eleitores de Feira de Santana (387.768 pessoas) ou quase duas vezes os de Vitória da Conquista (224.637)”, compara. Ele justifica que o eleitor se identifica mais com a disputa municipal, onde são trazidas demandas locais e compreender uma realidade mais imediata. “Na eleição geral, você muitas vezes nunca viu o candidato, só o conhece pela TV. Por outro lado, uma eleição para governador e presidente tem um impacto tão profundo para a vida do cidadão quanto a de prefeito”, afirma.

Lula diz que executiva do Santander não entende 'porra nenhuma de Brasil'

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) rebateu nesta segunda-feira (28) o informe produzido pelo Banco Santander que prevê um cenário econômico negativo para o país caso a presidente Dilma Rousseff seja reeleita. Segundo ele, “não tem lugar no mundo onde o Santander esteja ganhando mais dinheiro que no Brasil”. “Aqui no Brasil o Santander ganha mais que em Nova York, Londres, Pequim, Paris, Madri e Barcelona”, disse durante a cerimônia de abertura da 14ª Plenária Estatutária da Central Única dos Trabalhadores (CUT), em Guarulhos, na Grande São Paulo. Para Lula, a responsável pelo texto enviado a clientes da instituição "não entende porra nenhuma de Brasil" e questionou ainda o fato de ter chegado a um cargo de chefia. “Botin, é o seguinte querido. Eu tenho consciência de que não foi você que falou, mas essa moça tua que falou não entende porra nenhuma de Brasil e não entende nada de governo Dilma. Manter uma mulher dessa em um cargo de chefia? Pode mandar embora”, disse o ex-presidente. Para o petista, o governo federal não "vai jogar fora a confiança" que o país conquistou nos últimos anos. Ele também lembrou que o mesmo temor de danos à economia apareceu durante sua campanha à Presidência e que o mesmo Botin foi ao seu comitê para dizer que o mercado, na verdade, “não tinha nenhuma preocupação.” “As pessoas diziam que os banqueiros não iam fazer investimentos, que o mercado ia correr. E ele fez um discurso dizendo que o mercado não tinha nenhuma preocupação e ia continuar investindo no Brasil porque sabia da nossa responsabilidade”, concluiu Lula. Ele afirmou que há investidores que falam mal do governo federal para terem lucro e "inventam mentiras contra outras pessoas".

Circuncisão também reduz risco de contrair HIV nas mulheres

A circuncisão também reduz o risco de mulheres virem a contrair Aids, segundo um estudo apresentado nesta sexta-feira (25) na Conferência Internacional sobre a epidemia, em Melbourne, na Austrália.

De acordo com o estudo feito com uma comunidade sul-africana onde havia muito homens circuncidados,
as mulheres que mantiveram relações sexuais apenas com esse grupo tiveram cerca de 15% menos chances de serem contaminadas em comparação com as mulheres de companheiros não circuncisos.

"A redução do risco é pequena, mas é um começo", declarou um dos autores do estudo, Kevin Jean, da ANRS (Agência Nacional de Pesquisas sobre a Aids francesa).

A OMS (Organização Mundial de Saúde) recomenda a circuncisão para homens dos 14 países da África Subsaariana com os maiores níveis de infecção.

Vários estudos demonstraram que a circuncisão reduzia nos homens entre 50% e 60% dos riscos de contaminação.

A pesquisa da ANRS se concentrou em 2.452 mulheres com idades entre os 15 e 20 anos que moram em Orange Farm (África do Sul), fazendo entrevistas e exames de sangue em 2007, 2010 e 2012.

O percentual de homens circuncidados aumentou de 12% para 53% durante o período do estudo.

Mais de 30% das mulheres informaram ter mantido relações só com homens circuncidados e 17,8% delas foram infectadas com o vírus da Aids, enquanto no outro grupo de mulheres, a taxa de contágio foi de 30,4%.

Chamado de mau-caráter e ligado a orgia e prostituta, Neymar pai aciona Laor na Justiça

O pai do atacante Neymar ingressou com ação na Justiça contra o ex-presidente do Santos, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro. O empresário quer compensação por danos morais por causa de entrevista exclusiva do ex-mandatário ao ESPN.com.br. Na ocasião, Laor chamou o empresário de mau-caráter, mentiroso, duas caras, e apontou que a polêmica negociação da venda do jogador ao Barcelona junto ao Santos incluiu uma orgia em Londres, prostituta, cafezinhos e jatinhos.

A reportagem teve acesso ao processo, aberto recentemente por Neymar da Silva Santos, em que consta, inclusive, toda a entrevista de Laor ao ESPN.com.br na íntegra, com as respectivas repercussões da mesma na mídia nacional e internacional. "Responsável por orgias, mercenário, irresponsável... Prostituição, mau-caráter, mentiroso, duas caras... São tantos adjetivos que conduzem à inarredável conclusão que o réu (Laor) injuriou e difamou o autor (Neymar pai), com a intenção de ofendê-lo pessoalmente com propósito espúrio e evidentemente desabonador", alegam os advogados na ação.

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Adriano Lima continua recebendo apoios importantes

O candidato a Deputado Estadual,Adriano Lima,agradece pelo carinho e apoio que tem recebido em todos  os encontros em que ele esteve presente." Serrinha precisa ter um representante que honre o voto que recebeu.A presença do cidadão em nossas reuniões deixa claro que teremos seu apoio",disse Adriano.Na agenda do candidato para esta Terça-Feira,tem visitas a várias localidades na zona rural de Serrinha e cidades próximas.

ATENÇÃO:Espaço reservado para a agenda dos candidatos. ribeiroanos70@gmail.com

Serrinha:Secretaria Municipal de Saúde, divulga balanço sobre a Campanha de Glaucoma.

​Cerca de 3.000 mil pessoas com mais de 40 anos, compareceram ao Centro Territorial de Educação Profissional do Sisal (CETEP), para serem atendidos e avaliados por profissionais de saúde na Campanha de Glaucoma realizada no município de Serrinha no último final de semana.
Foram identificados 700 casos de pessoas com a doença e a Prefeitura de Serrinha, através da Secretaria de Saúde e da Coordenação de Atenção Básica, informa que dia 28 de agosto de 2014 as pessoas que foram diagnosticados com o glaucoma deverão comparecer à Atenção Básica do município localizada na Rua Campos Filho, Centro, para pegar o medicamento necessário para o tratamento, na oportunidade, a Prefeitura também informa que após 3 meses a equipe que realizou os exames retornará ao município para realizar a revisão.
O glaucoma atinge 2% dos brasileiros acima dos 40 anos e 6% acima dos 70 anos. De acordo com as estimativas, pelo menos 1 milhão de brasileiros têm glaucoma e segundo pesquisa divulgada pela Sociedade Brasileira de Glaucoma (SBG), aponta que 80% das pessoas que têm glaucoma só buscaram o oftalmologista depois de perceber alterações como perda de visão, olhos vermelhos, desconforto e embaçamento. A prevenção é o método mais eficaz: quanto mais cedo o diagnóstico for feito, há possibilidade de fazer o tratamento.

Campanha de Hepatites Virais

A Prefeitura de Serrinha, através da Secretaria de Saúde e da Coordenação de Atenção Básica, informa que estará realizando a Campanha de Hepatites Virais “B” e “C” entre os dias 28 de julho a 02 de agosto, uma equipe de profissionais estará realizando exames rápidos gratuitamente no stand da campanha, montado na Praça Luiz Nogueira.

Identificado o vírus no exame rápido, a pessoa atendida será prontamente encaminhada para o Laboratório Municipal de Referência Regional - Lacen, onde realizará o exame comprobatório. A campanha além de realizar exames, tem o objetivo de reafirmar a importância do diagnóstico precoce e das prestações de cuidados que se deve ter com a população alertando sobre os riscos dessas doenças.

A hepatite é uma inflamação do fígado. Existem cinco tipos de vírus causadores da doença: A, B, C, D e E, os casos mais comuns são os tipos causados pelo vírus A, B e C. Os sintomas mais frequentes são cansaço, tontura, enjoo, febre, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras. No entanto, estes sintomas, muitas vezes, são silenciosos, dificultando o diagnóstico, que é confirmado por meio de exames de sangue específicos.Fonte:ASCOM/SERRINHA

Rui Costa ataca Souto: 'Só mostrou que é um péssimo gestor'

O candidato a governador Rui Costa (PT), da coligação "Pra Bahia Mudar Mais", acusou o ex-gestor e adversário nas eleições Paulo Souto (DEM) de não ter cuidado do estado durante a sua administração. “Ele conhece bem o Estado, mas não cuidou da Bahia quando teve a oportunidade de fazer isto. Governou durante oito anos e só mostrou que é um péssimo gestor”, afirmou, em entrevista ao Programa Que Venha o Povo, da TV Aratu, na manhã desta segunda-feira (28). O petista citou como exemplo as regiões de Irecê e do Oeste, onde esteve neste final de semana. “Onde ele deixou as estradas completamente abandonadas, como testemunharam todas as pessoas com quem conversei nesses dois dias”, contou. “Do mesmo modo, podemos falar do metrô de Salvador que estava há 13 anos nas mãos da prefeitura e Paulo Souto, até onde sei, não tomou nenhuma iniciativa para resolver o problema. Foi preciso que o governador Jaques Wagner puxasse a obra para a administração estadual e colocasse o metrô para rodar”, comparou. O petista disse que, se eleito, pretende estender a linha do metrô para 41 quilômetros, para chegar a Lauro de Freitas. “E também farei a ligação Paripe Estação da Lapa por meio do VLT [Veículo Leve sobre Trilhos], via comércio, construindo um túnel de 900 metros para chegar até a Lapa”, prometeu.

Dilma admite efeitos de crise financeira: 'Todos nós erramos'

A presidente-candidata Dilma Rousseff admitiu nesta segunda-feira que o Brasil sofre os efeitos da crise financeira internacional e afirmou que a avaliação do então presidente Lula, que se referiu à turbulência como "marolinha", foi equivocada. "Todos nós erramos, sabe por quê? Porque a gente não tinha ideia do grau de descontrole que o sistema financeiro internacional tinha atingido", disse ela. Dilma participou de sabatina promovida pela Folha de S. Paulo, pelo UOL, SBT e pela rádio Jovem Pan.

"Nós minimizamos os efeitos da crise sobre a economia brasileira", disse a presidente, quando tentava explicar os números acanhados do crescimento econômico em seu governo. Ela também afirmou que "nenhum país se recuperou" até agora.

Mensalão – Durante a sabatina, que durou cerca de uma hora e meia, Dilma também respondeu sobre o episódio do mensalão e, apesar de dizer que não comenta decisões judiciais, afirmou que falta critério à Justiça. "Nessa história da relação com o PT, tem dois pesos e umas dezenove medidas, porque o mensalão foi investigado, agora o mensalão mineiro, não", afirmou ela, esquecendo-se que o valerioduto mineiro foi investigado, porém ainda não foi julgado porque o processo mudou de instância no Judiciário. "No nosso caso, tomamos todas as providências. Nós não tivemos nenhum processo de interromper a Justiça, não pressionamos juiz, não falamos com procurador, não engavetamos processo", continuou.

Ainda falando sobre corrupção, Dilma admitiu que, para atender a um pedido do PR, trocou o ministro dos Transportes, César Borges, por Paulo Sérgio Passos – que ela havia demitido do mesmo ministério em 2011, em meio a denúncias de desvio de recursos.  Dilma negou, entretanto, que o episódio tenha caracterizado chantagem em troca do apoio do PR nas eleições – e dos minutos do partido na propaganda eleitoral na TV. "Eu me sentiria chantageada se eu colocasse no Ministério dos Transportes uma pessoa na qual eu não confio e que não conheço", disse.

A petista também se enrolou ao comentar por que voltou a se aliar a Carlos Lupi, demitido do cargo de ministro do Trabalho após recomendação do Comitê de Ética Pública da própria Presidência. "Não vou concordar em chamar o ex-ministro Lupi de um cara que fez malfeitos. O ministério pode ter cometido falhas administrativas que vários ministérios (sic), nem um, nem dois, nem três...", declarou, sem completar a frase.

No final, Dilma cometeu uma gafe e tentou corrigi-la a tempo: tentando explicar a mania de guardar dinheiro vivo em casa (152.000 reais, segundo a declaração entregue ao Tribunal Superior Eleitoral). Ela lembrou os tempos em que foi perseguida pela ditadura, mas não conseguiu apresentar uma explicação convincente: "Tenho essa mania com esses meus 150.000 reais que não vou mudar". Um dos entrevistadores afirmou que, se investisse esse montante na poupança, Dilma ganharia pelo menos 10.000 reais por ano. Dilma respondeu: "O que que é 10.000?". Segundos depois, ela percebeu o potencial negativo da frase e emendou: "Eu acho que 10.000 são muito, eu não jogo fora nenhum dinheiro".Fonte:Veja

Não precisa sentir-se grávida para realmente estar grávida

Algumas mulheres sentem que engravidaram até mesmo no momento exato da concepção, e isso pode acontecer por pura intuição. Já outras não têm nem ideia de que estão grávidas e para elas isso não é tão óbvio.

sintomas gravidez

Mas não precisa sentir-se grávida para realmente estar grávida. E, embora se fale muito sobre os sintomas da gravidez, não é certo que você vá sentir todos eles, pode ser que não sinta nenhum ou que sinta apenas alguns.

Primeiros sinais

A grávida pode sentir um, dois ou todos os sintomas da gravidez. O enjoo  matutino é o mais comum, mas algumas mulheres podem ter a sorte de não passar por isso. Da mesma forma, embora a suspensão da menstruação seja outro sintoma clássico, se o ciclo menstrual for irregular, pode ser difícil saber se é indício da gravidez ou se é apenas um atraso.

Menstruação

Essa é uma das indicações mais claras da gravidez. No entanto, há outras razões para a menstruação atrasar. Estresse, problemas de saúde, perda ou ganho de peso em excesso e interrupção no consumo de anticoncepcionais podem provocar a suspensão ocasional da menstruação. A menstruação irregular é um sintoma comum também na síndrome do ovário policístico, condição que faz com que a menstruação fique totalmente desregulada.

Os seios

A mudança no tamanho e sensibilidade dos seios é também um dos primeiros sinais da gravidez. Com poucos dias de gestação, os seios começam a aumentar, preparando-se para o aleitamento. Os seios nessa fase ficam pesados e doloridos. Muitas mulheres dizem que eles ficam tão sensíveis que sentem pontadas e formigamentos. Mas, não se preocupe com isso, geralmente as dores passam após algumas semanas.

Náuseas e vômitos

A sensação de enjoo é a queixa mais comum entre as mulheres no início da gravidez, e isso normalmente acontece até o final dos primeiros três meses de gestação. Embora chamada de “enjoo matinal”, a naúsea pode ocorrer a qualquer momento do dia e pode variar de uma ocasional sensação de desmaio a uma grande crise de vômito. Em geral, esses sintomas tendem a desaparecer por volta da 14° e 15° semana de gravidez.

Cansaço

Muitas mulheres dizem sentir extrema fadiga, preguiça e cansaço durante a gravidez, sobretudo no início. É natural que, ao voltar do trabalho no fim do dia, tudo o que a grávida queira seja cair na cama e dormir. Pode ser também que ela fique desesperada para tirar um cochilo no meio da tarde.

Idas ao banheiro

Logo na 2° ou 3° semana a grávida sente vontade de fazer xixi com mais frequência. Isso acontece porque o útero está em crescimento e pressiona a bexiga, que agora está com capacidade de armazenamento reduzida. Por volta da 14° semana, o útero e a barriga “sobem”, e isso dura até as últimas semanas de gestação, quando a cabeça do bebê se encaixa e vira-se para a parte inferior do útero, fazendo novamente pressão sobre a bexiga. A produção cada vez maior do hormônio progesterona também estimula o músculo da bexiga, fazendo com que pareça estar cheia mesmo quando há pouca urina acumulada. Além disso, os rins estão trabalhando mais por causa da gravidez, de 6 a 7 litros de liquidos extras são jogados na circulação para aumentar o fluxo sanguíneo.

Paladar e olfato

Grávidas costumam sentir-se enjoadas com alguns alimentos e odores, mesmo aqueles que elas costumavam adorar antes da gestação.  Passar a desejar determinadas comidas também faz parte do período e sentir um estranho gosto metálico na boca é super comum.

Prisão de Ventre

Sintoma comum no início da gravidez é causado pelos altos níveis de progesterona, que relaxam o intestino e tornam a digestão mais lenta.

Confirmando a gravidez

Duas semanas após a concepção, o bebê é apenas uma esfera de células, não maior do que a cabeça de um alfinete. A placenta já está se formando e começa a produzir um hormônio chamado gonadotrofina coriônica humana (HCG), que passa para a corrente sanguínea e urina a partir do dia que a menstruação falha.

Testes de gravidez

Os testes de farmácia confirmam a gravidez quando detectam o HCG na urina. Eles são precisos, portanto, não se surpreenda se o médico acreditar no teste feito em casa como confirmação da gravidez. Se realizado corretamente, o teste de gravidez feito em casa tem 98% a 99% de precisão. Ou seja, pode confiar no resultado.

Se seu resultado deu positivo, marque uma consulta com seu médico e comece a preparar o pré-natal. Fonte:babyguide.uol.com.br

Dilma diz que mensalão do PT é visto com '2 pesos e 19 medidas'

A presidente da República Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, afirmou que o mensalão petista "tem dois pesos e 19 medidas" durante a sabatina realizada nesta quarta-feira (28) pelo UOL, pela "Folha de S.Paulo", pelo SBT e pela rádio Jovem Pan.

Ao ser questionada sobre corrupção no governo, a presidente comentou que o mensalão tucano não foi julgado.

"Da relação com o PT, tem dois pesos e umas 19 medidas, pois o mensalão foi julgado e o mensalão mineiro não foi. No nosso caso, nós tomamos todas as providências, não tivemos nenhum processo de interromper a Justiça, não pressionamos juízes nem engavetamos denúncias", declarou.

Durante o julgamento do mensalão do PT pelo STF (Supremo Tribunal Federal), ex-dirigentes petistas, como o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu e o ex-presidente da sigla José Genoino, foram condenados.

No caso do mensalão tucano, a Procuradoria Geral da República acusou o então governador de Minas Gerais Eduardo Azeredo de usar recursos públicos para financiar sua campanha à reeleição em 1998. Ele perdeu a disputa para Itamar Franco. Ao renunciar ao mandato de deputado federal neste ano, o processo contra Azeredo foi remetido à Justiça de Minas Gerais e não será mais julgado pelo STF.

A presidente disse ainda que os governos do PT tomaram as principais medidas para combater a corrupção no país e afirmou que apenas nas gestões petistas políticos de alto escalão envolvidos em esquemas de corrupção foram condenados.

"Demos autoridade para a Controladoria Geral da União e demos todos os instrumentos para ela atuar. Transformamos a prática da Polícia Federal numa prática investigativa respeitável. Criamos o Portal da Transparência, aprovamos a Lei de Acesso à Informação (...) Nomeamos um Ministério Público de forma independente e fomos o único governo que, na sua gestão, teve pessoas condenadas", afirmou Dilma.

Antes, a mandatária afirmou que "os homens e as mulheres não são os virtuosos" e "quem tem de ser virtuosos são as instituições", para evitar tentativas de corrupção.

A presidente afirmou que seu governo foi responsável pela regulamentação de convênios com ONGs e de uma nova tipificação administrativa. "Nós fizemos o processo todinho, o que a CGU (Controladoria-Geral da União) considerava não-conformidade vai estar fora da legalidade", defendeu.
Dilma desconversou quando foi perguntada se o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso não fez o mesmo durante sua gestão. "Meu querido, você que tá dizendo isso", respondeu ao jornalista Kennedy Alencar, do SBT.

Sobre as suspeitas de envolvimento do ex-ministro do Trabalho Carlos Lupi (PDT), que pediu demissão em 2011 após reportagens sobre um esquema de propina a ONGs ligadas à pasta, Dilma afirmou que "não necessariamente todas as inconformidades são fruto de má gestão no sentido criminoso da palavra".  "Não vou concordar em chamar o ministro Lupi de um cara que fez mal feitos."

Durante a sabatina, que durou pouco mais de uma hora, a presidente falou ainda sobre inflação e crise econômica, criticou o banco Santander, que associou uma eventual vitória da petista a uma piora na economia e qualificou de "massacre" os ataques de Israel na faixa de Gaza. Ela disse ainda não se sentir "desgastada" com o episódio envolvendo a compra da refinaria de Pasadena, nos EUA, quando a atual presidente chefiava o conselho de administração da Petrobras.

Sete dos dez maiores doadores de campanha são suspeitos de corrupção


Levantamento feito pelo UOL constatou que sete das dez maiores empresas doadoras de campanha nas eleições de 2010 foram ou estão sob investigação devido a indícios de corrupção envolvendo contratos públicos ou por conta dos seus relacionamentos com partidos e políticos.
Para especialistas em direito eleitoral e em contas públicas, os altos valores doados por empresas a candidatos criam uma relação de "promiscuidade" na política que favorece a corrupção no Brasil. Segundo eles, os casos de corrupção investigados ou constatados são, segundo os especialistas, um "efeito colateral" desse relacionamento e as doações são, na realidade, um "investimento" feito pelas empresas. Empresas doadoras e partidos e políticos que receberam as verbas rebatem o argumento e alegam que doações foram feitas dentro da lei.

A pesquisa tem como base dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e aponta que, juntas, essas empresas doaram aproximadamente R$ 496 milhões para candidatos e partidos.
Entre as doadoras há cinco empreiteiras, um banco e um frigorífico. Parte das investigações sobre os envolvimentos dessas companhias em crimes de corrupção ainda está em curso, mas já há casos de condenações.

Elas [doadoras] fizeram uma doação e precisam conseguir o retorno. As únicas formas de elas recuperarem o investimento é superfaturando obras ou conseguindo contratos generosos por conta de benefícios concedidos.

A maioria dos crimes investigados envolve o desvio de recursos públicos, superfaturamento de obras contratadas por governos ou empresas públicas e a não contabilização de recursos utilizados em campanhas eleitorais, o chamado caixa dois (veja os principais casos envolvendo cada doador).

As sete maiores doadoras de campanha em 2010 suspeitas de corrupção são: Construções e Comércio Camargo Correa S.A, Construtora Andrade Gutierrez S.A, JBS S.A , Construtora Queiroz Galvão S.A, Construtora OAS S.A, Banco BMG e Galvão Engenharia S.A.

Entre políticos e partidos, apenas a direção nacional do PSC (Partido Social Cristão) e o ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante (PT-SP), candidato ao governo de São Paulo em 2010, responderam. Os dois disseram que as doações recebidas pelo partido em 2010 seguiram a legislação eleitoral.

Para o secretário-geral e fundador da ONG Contas Abertas, Gil Castelo Branco, as doações de campanhas no Brasil criam uma relação de promiscuidade entre as doadoras, partidos e políticos. "Não é doação, é investimento. Existem estudos que indicam que, de cada R$ 1 doado em campanha, as empresas conseguem outros R$ 8,5 em contratos públicos", diz Castelo Branco.

Para Marlon Reis, que atuou por dez anos como juiz eleitoral e é autor do livro "Nobre Deputado", as doações de grandes empresas colocam partidos e políticos em situação de "dívida" para com os doadores.

"Entrevistei vários políticos que me explicaram como as doações são feitas. Um deles me disse que essas doações são, na realidade, um adiantamento por futuros contratos públicos que as empresas esperam ganhar. É o que eles chamam de bate-pronto", explica.

Outro lado
O UOL entrou em contato com todas as empresas, partidos e políticos citados nesta reportagem. A Camargo Corrêa S.A e a JBS S.A não retornaram aos e-mails e às ligações. A Galvão Engenharia informou que não iria se manifestar sobre o assunto. O Banco BMG respondeu dizendo que não iria comentar sua política de doações.

A Queiroz Galvão S.A, a OAS S.A e a Construtora Andrade Gutierrez S.A responderam alegando que todas as suas doações foram feitas de acordo com a lei brasileira. A Andrade Gutierrez S.A justificou suas doações com base na representatividade política de cada beneficiado.

A legislação eleitoral brasileira permite que empresas privadas façam doações a candidatos e partidos políticos. O limite imposto pela lei é de 2% do faturamento das empresas. As principais exceções são empresas concessionárias de serviços públicos como operadoras de telefonia, rodovias e de serviços de saneamento básico.

Uma ação movida pela OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) no STF (Supremo Tribunal Federal) pediu a proibição das doações de empresas para campanhas e, apesar a ação ter os votos da maioria dos ministros do STF, a restrição não vai vigorar neste ano.

Padre Evandro vai levar a palavra de Deus para o povo de Barrocas

Meu querido povo da Paróquia da Catedral Senhora Santana:

Na missa dessa noite(Sábado) nosso Bispo Dom Ottorino Assolari anunciou a minha transferência para a Paróquia São João Batista de Barrocas. Essa transferência responde a minha necessidade pessoal, uma vez que minhas médicas já vêm há um tempo insistindo que eu preciso "desacelerar" para concluir meu tratamento e, ao mesmo tempo, responder a uma necessidade da nossa diocese, com a saída do Pe. Márcio de Barrocas - Ba. Devo confessar-lhes que, embora justificada, a aceitação dessa mudança não tem sido tão fácil. Serrinha é minha casa e vocês são o meu povo e deixar nossa casa dói. Com vocês eu aprendi a ser padre, pastor, pai... Aqui encontrei amigos e filhos. Como já disse outras vezes: eu não sei ser padre fora de Serrinha. Agora terei que aprender. Vocês festejaram comigo os momentos mais significativos de minha caminhada vocacional e me sustentaram na hora da mais profunda dor. Seus rostos, atitudes, palavras estão encravados em minha alma e isso não há quem tire. Nenhuma palavra seria suficiente para externar o turbilhão de sentimentos presentes em mim. Só faço um pedido a vocês: cuidem do Pe. Ruthberg Pereira e, mesmo em outra cidade, não me abandonem. Porém, como diz o poeta "quem ama parte e deixa partir". É hora de lançar as redes em outros mares... Ao povo de Barrocas já posso garantir: fiquem tranquilos, pois nem por um instante faltará a vocês um amor de pastor. Estou chegando para cultivarmos juntos a civilização do amor. Rezem por mim!

Conceição do Coité: Via Uno é condenada a pagar R$ 2 milhões por terceirização ilícita

A Justiça do Trabalho de Conceição do Coité, no nordeste baiano, condenou a Via Uno Calçados a pagar indenização por danos morais coletivos de R$ 2 milhões por terceirização ilícita. O juiz Murilo Carvalho Sampaio Oliveira ainda determinou o cumprimento imediato de uma série de normas de saúde e segurança no trabalho e acabar com a prática de contratar empregados por meio de empresas, para se eximir de obrigações trabalhistas. A ação civil pública foi impetrada pelo Ministério Público do Trabalho na Bahia (MPT-BA). A autora da ação, procuradora Annelise Leal, afirma que a terceirização ilícita na Via Uno começou em 2007, quando os setores de corte, costura e montagem de cada unidade passaram a pertencer a empresas de razões sociais diferentes, resultando num total de dez empresas que produzem com exclusividade para ela. Em 2004, a empresa possuía 2,4 mil trabalhadores em seu quadro funcional, e, em 2012, possuía apenas 25 empregados, devido à terceirização de suas atividades-fim. O valor da condenação será revertido para o Fundo de Promoção do Trabalho Decente na Bahia (Funtrad-BA), que financia projetos de capacitação, inserção de trabalhadores e combates a práticas ilegais como o trabalho infantil e o trabalho análogo ao de escravos. Ainda cabe recurso da decisão. Com a decisão, a Via Uno deverá contratar todos os trabalhadores das terceiras em Serrinha e Conceição do Coité, e eliminar a terceirização ilícita, além de pagar os direitos trabalhistas, no prazo de 90 dias. A Via Uno também terá que cumprir 23 itens previstos na ação normas de saúde e segurança, sob pena de pagamento de multa semanal de R$1 mil por trabalhador prejudicado ou em situação irregular. As multas também serão revertidas para o Funtrad.

'As eleições foram prostituídas', diz Pinheiro ao criticar o sistema eleitoral brasileiro

Em entrevista ao programa Acorda Pra Vida, da Rede Tudo FM, nesta segunda-feira (28) o senador Walter Pinheiro (PT) criticou duramente o sistema eleitoral brasileiro. “As eleições foram prostituídas. O sujeito da eleição de 2016 já está fazendo campanha desde agora”, considerou. O petista comentou a proposta de reforma política e deu detalhes do projeto. “Um dos pontos da reforma política é a reforma do conteúdo programático. Dia 7 de outubro apresento [a proposta de] eleições gerais, em 2019, com o fim da reeleição”, revelou. Pinheiro disse também discordar de duas casas que têm o funcionamento parecido. “O Senado é outra Câmara. Nós temos quatro casas legislativas. Volto a dizer, o Senado hoje faz o mesmo papel da Câmara. Tem temas que eu acho que a Câmara não deveria discutir. Idem o Senado. Tem temas que não precisariam transitar nas duas casas. No geral, a gente termina fazendo tudo. E a gente não vai contribuindo para colocar o dedo na ferida. Legislar a partir do que se precisa”, ponderou. Com tantas emendas, o senador baiano disse que já se tem uma nova Constituição. “Já fizemos uma nova Constituição. A Constituição é para ter diretrizes. Nós mudamos a Constituição”, criticou. O senador se mostrou contrário ainda à concessão de reeleição para candidatos ao Executivo e possibilitou apenas mais uma renovação para o Legislativo. “Reeleição para Executivo é um mandato e acabou. Para o Legislativo pode se reeleger uma vez só. Tem um deputado federal que tem 11 mandatos. Esse negócio é complicado. No quinto mandato, por mais que eu mantenha o pique, a tendência natural é de acomodação”, disse. Ele aproveitou para responder às críticas ao trabalho dos parlamentares. “Lá dentro é o extrato do que tem aqui fora. É obvio que o que vai para lá tem um peso maior, que é o fator econômico. Eu acho que é importante a gente dosar”, balanceou. Sobre apoio de pai político à eleição de filho e/ou esposa, Pinheiro disse ser contra. “Eu acho que o Tribunal deveria proibir esse tipo de coisa. Essa coisa de filho vira uma capitania hereditária. Por que que para disputa eleitoral a gente pode botar parente? Seria bom que a gente tivesse regras porque isso é um uso e abuso para se manter”, condenou.Fonte:Bahia Noticias

Pacientes com hepatite C aguardam remédio que promete cura de infecção

Pessoas que sofrem com a hepatite C aguardam com esperança a liberação de uma droga que promete a cura da enfermidade. O fármaco ainda está em fase de aprovação nos Estados Unidos e tem eficácia em 95% dos pacientes com a forma mais grave das hepatites. Nesta segunda-feira (28) é lembrado o Dia Mundial das Hepatites. Cerca de 150 milhões de pessoas sofrem com a doença do tipo C que ainda não tem vacina. Nesta hepatite, a ação do vírus é lenta e silenciosa e, em 80% dos casos, torna-se crônica em pouco tempo. Caracterizadas como inflamação do fígado, as hepatites são causadas por cinco vírus diferentes e que nem sempre apresenta sintomas. Os tipos B e C são a causa mais comum de cirrose hepática e câncer de fígado. O gerente de Projetos da Associação Brasileira dos Portadores de Hepatite (ABPH), Eduardo Tadeu Lima e Silva, considera bom o tratamento da hepatite C pelo Sistema Único de Saúde (SUS). "Tem todas aquelas coisas do setor público e as dificuldades de qualquer tratamento de alta complexidade, como aids, malária e câncer. Mas o paciente tem atendimento e acesso a medicamentos," disse. Informações da Agência Brasil.Fonte:Bahia Noticias

Tragédia: seis jovens morrem afogados em Serra do Ramalho


Seis pessoas morreram afogadas na manhã de domingo (27) no rio São Francisco, em Serra do Ramalho, na região oeste da Bahia. De acordo com informações da polícia local, dois corpos foram encontrados.

Rogério Pereira Machado, Derilto Lima, Dieison Andrade, César Augusto, José Eures e o último identificado apenas como Ramon, moradores da Agrovila 20, morreram quando tentavam salvar um dos jovens que se afogava.

Para a reportagem do Bocão News, um dos moradores da cidade informou que todas as vítimas faziam parte da Igreja Adventista do Sétimo Dia. “Uma das pessoas começou a se afogar e quando os outros foram ajudar, todos terminaram morrendo”.

Bombeiros contam com a ajuda de pescadores e homens da marinha tentam localizar os outros corpos. Amigos e familiares também estão no local que foca distante oito quilômetros da sede do município. O prefeito de Serra do Ramalho, Deoclides Magalhães, decretou luto oficial de três dias.

MORPARÁ - tragédia semelhante aconteceu em Morpará, município localizado a 624 quilômetros de Salvador. Seis adolescentes da região morreram afogados enquanto tentavam atravessar o rio São Francisco. Todos eram moradores de Ipupiara e estavam na cidade para acompanhar a festa de São Pedro.
As vítimas foram identificadas como Vinícius Vale, Davidson Miranda, Gilmar Vale, Vinícius Oliveira Miranda, Breno Rodrigues Silva, e Anderson Almeida. De acordo com polícia, um dos rapazes começou a se afogar e os outros adolescentes entraram no rio para socorrê-lo. Durante a situação, seis desapareceram.

Outros dois jovens, que não foram identificados, sobreviveram. As vítimas tinham entre 12 e 20 anos e moravam no distrito de Ibipetum, na zona rural de Ipupiara. A prefeitura de Morpará, onde o acidente aconteceu, cancelou os festejos.

Foto: Repórter Radiola

Bahia procura Kleina e Dorival, mas deve fechar com Márcio Araújo

Na busca por um novo treinador, o Bahia está tendo dificuldades para conseguir encaixar um profissional no orçamento do clube.  A primeira opção era Gílson Kleina, que já estava na mira do tricolor desde a última quarta-feira (23), após a derrota diante do Corinthians, quando se decidiu pela saída de Marquinhos Santos, mas teria pedido R$ 400 mil mensais para vir a Salvador. Foi descartado.

Outro procurado foi Dorival Júnior. O ex-treinador de Santos, Internacional, Flamengo e Vasco teria recusado o convite no início, alegando problemas familiares, mas a situação mudou e nas últimas horas a negociação foi retomada.Fonte:Bocão News

Após receber o ‘não’ de Dorival, os dirigentes tricolores teria conversado sobre a possibilidade de trazer o responsável pelo acesso histórico do Esquadrão em 2010, Márcio Araújo, mas o nome não foi bem recebido dentro do clube, a exemplo do que acontece com outros profissionais que passaram pelo Fazendão quando Marcelo Guimarães Filho era presidente.

Outro nome que ainda não foi analisado, mas pode entrar na mira do Esquadrão é o de Enderson Moreira, que fez bom trabalho no Goiás. Demitido do Grêmio neste final de semana, ele está sem clube e é mais uma possibilidade que o mercado oferece ao tricolor.

Enquanto procura um treinador, o Bahia será comandado por Charles Fabian, ídolo do Esquadrão como treinador que vem fazendo bom trabalho nas categorias de base.

Justiça diz que Messi sabia de fraude fiscal e o inclui em processo

A Justiça espanhola não acreditou na versão de que Lionel Messi desconhecia a fraude fiscal cometida pelo pai, Jorge Horacio, e manteve a decisão de denunciar o meia no processo de evasão. A informação foi divulgada pelo jornal El País, da Espanha. O astro da seleção argentina e do Barcelona, portanto, responde por três acusações de desvio de dinheiro.

Em junho, Messi havia sido considerado inocente no processo de evasão fiscal, tendo a promotoria entendido que o jogador "desconhecia qualquer prática ilícita cometida pelo pai, Jorge Horácio" e que Messi não teve "nenhuma intervenção" no crime.

A promotoria chegou a pedir que o caso fosse arquivado contra Messi.

Mas em nova decisão da Justiça, foi sustentado que Messi "consentiu com a criação e manutenção de uma estrutura fictícia, que tinha como único objetivo descumprir as obrigações fiscais".

Messi e pai são acusados de não terem declarado à Receita espanhola  o valor de 4,1 milhões de euros (cerca de R$ 12 milhões). Messi depositou em juízo o valor da dívida, com juros e correção monetária, totalizando 5 milhões de euros. Mas o Tribunal considerou irrelevante.

Os dois são acusados também de sonegação de impostos entre 2007 e 2009.

No ano passado, de acordo com o jornal La Vanguardia, Messi já havia pago 10 milhões de euros (cerca de R$ 29,5 milhões) de forma voluntária ao fisco espanhol em uma tentativa de entrar em um acordo com a Fazenda do país.

A quantia seria referente aos ganhos do atacante argentino com direitos de imagem nos anos fiscais de 2010 e 2011. Foi entregue uma declaração complementar – em outras palavras, foi feita uma retificação dos dados entregues ao Fisco nas épocas citadas.

domingo, 27 de julho de 2014

ELEITA A RAINHA DA VAQUEJADA EM SERRINHA 2014


A bela Naiane Oliveira (20) foi coroada Rainha da Vaquejada em Serrinha 2014, na noite deste sábado (26), no Parque Maria do Carmo, em Serrinha, distante 170 quilômetros de Salvador. Naiane batalhou contra 40 candidatas pelo reinado da vaquejada, considerada a maior do Brasil.

A jovem serrinhense, enfermeira por formação, disse que não esperava ser a vencedora do concurso, por conta da beleza das concorrentes, mas que ao ouvir o resultado se sentiu maravilhosa “ Estou muito feliz pelo título e acredito que vou representar muito bem minha cidade”, completou.

Como premiação, a rainha levou para casa uma moto 0KM, R$2 mil reais e um book fotográfico. Além da rainha, também foram eleitos o Peão da Vaquejada e as Princesas.

Felipe Boaventura Lima (22)  venceu a disputa entre os homens. Ele é modelo, reside em Conceição do Coité, e já acumula no currículo dois títulos de Mister Bahia.

Já os títulos de 1ª e 2ª Princesa ficaram com Adriele Araújo e Estefani Medeiros. Elas são de Conceição do Coité e Teofilândia, respectivamente. Os jurados avaliaram os candidatos nos seguintes requisitos: beleza, simpatia, elegância e desenvoltura.
A abertura das inscrições para candidatos de todas as cidades da Bahia foi a grande novidade deste ano na Festa da Rainha. O evento marca a abertura oficial da Vaquejada em Serrinha, que acontece de 4 a 7 de setembro.

Mais de 80% dos hospitais filantrópicos do Brasil operam endividados

Pelo menos 83% dos 2,1 mil hospitais filantrópicos brasileiros operam no vermelho. De acordo com a Confederação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas (CMB), a dívida total das instituições já supera os R$ 17 bilhões. O diretor-geral da CMB, José Luiz Spigolon, disse que, mesmo com o crescimento dos incentivos dos governos nos últimos anos, a verba que entra nas unidades de saúde não paga o valor do custo dos procedimentos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). "Em média, a tabela SUS só cobre 60% do gasto real do procedimento", afirmou ao Estadão. "É verdade que temos incentivos governamentais. O problema é que os incentivos não estão disponíveis para todos os tipos de hospitais e, além disso, quando o hospital faz mais procedimentos do que o previsto em contrato, ele dificilmente recebe por eles", explica. O diretor ainda informou que um dos problemas é que os hospitais filantrópicos ganham por produção, mas têm um número limite de procedimentos que são remunerados.

Bacelar cobrou repasse de empreiteiro por ajuda em contrato com a Valec, diz revista

Cotado para assumir a presidência do PR em 2015, o deputado federal João Carlos Bacelar é acusado, em reportagem da revista  Veja publicada neste domingo (27), de pedir participação nos lucros da empreiteira mineira Pavotec Pavimentação e Terraplenagem, em troca do contrato firmado entre a empresa e a Valec, estatal responsável pela construção de ferrovias no país. A companhia está vinculada ao Ministério dos Transportes, que está sob o controle da pasta – em junho, o baiano Paulo Sérgio Passos assumiu a pasta, em substituição à César Borges, ambos republicanos. Segundo Veja, pouco antes da saída do ex-governador da Bahia, o dono da Pavotec, Djalma Diniz, procurou Borges em seu gabinete para relatar que sofria pressão para repassar parte do pagamento de contratos firmados com o MT com parlamentares. O autor da pressão seria Bacelar, que dizia falar em nome do partido e pedia o dinheiro sob alegação de que a sigla o ajudou a fechar os certames.

Foto: Edsom Leite/MT/Bahia Notícias
“O dono da Pavotec me procurou no ministério para dizer que o deputado João Carlos Bacelar está cobrando dele uma participação nos contratos com a Valec”, teria dito Borges a assessores e políticos de confiança.  Segundo a matéria de Veja, baseada em conversas gravadas, dos diversos contratos da empresa com a pasta, que chegariam a quase R$ 2 bilhões, dois estariam sob a mira do congressista: um no valor de R$ 514 milhões e outro no valor de R$ 719 milhões. Diniz, que classificou a exigência de Bacelar como "achaque descarado", se negou a fazer o pagamento após apurar com o ministro que ele não falava em nome do partido. A partir da recusa, diz Veja, o parlamentar começou a criticar o empresário e a minar Borges, que seria seu desafeto político. “Esse Djalma é um picareta. Nós conseguimos colocar a empresa dele na valec, com contratos de mais de 1 bilhão,  ele ficou de repassar uma parte de volta e não está cumprindo o combinado", disse Bacelar a um deputado amigo, que contou o diálogo à revista. Ele revelou também que o pedido feito à Diniz girava em torno de R$ 90 milhões a R$ 100 milhões, que seriam repassados por meio da subcontratação de empresas.

O empresário e ex-deputado Djalma Diniz | Foto: AL-MG
Com isso, afirma a reportagem, o porcentual cobrado pelo republicano seria de mais de 8%, o dobro do que era solicitado por membros do partido em um esquema de propina controlado pela legenda que teria levado a demissão de seis ministros em 2011, entre eles Alfredo Nascimento (PR), titular dos Transportes. A exoneração ocorreu após a presidente Dilma Rousseff, recém-empossada, ter questionado a elevação de custos das obras do MT. “Vocês são inadministráveis e estão inviabilizando meu governo” , repreendeu Dilma. Veja revelou que a diferença referia-se ao superfaturamento dos serviços por parte das empreiteiras, que repassavam 4% à agremiação em troca dos contratos. À revista, Diniz afirmou que não pediu ajuda de políticos para conseguir o contrato, mas confirmou que inicialmente a Valec duvidou da capacidade da sua empresa em realizar o trabalho. De acordo com a reportagem, o empresário mentiu e não somente foi até a Valec, como teve encontros com parlamentares em hotéis em Brasília e nos corredores do Congresso, sendo Bacelar um dos seus maiores interlocutores. Ainda de acordo com a matéria, eles se encontraram mais de uma vez antes e depois do fechamento do contrato e uma das reuniões foi realizada em uma sala próxima ao plenário na Câmara. Fonte:Bahia Noticias

Suspensões de carteira de motorista crescem 30% na Bahia em um ano

A lei seca tem colaborado para suspender diversas CNHs no estado. Segundo o Detran-BA, 10.144 condutores baianos perderam a habilitação. A comparação com 2012, quando aproximadamente 7 mil motoristas foram punidos, mostra que houve um crescimento de suspensões de 30%. Os números de 2014 ainda não saíram.

As causas de suspensão podem ser chegar aos 20 pontos na carteira, conduzir o veículo alcoolizado ou 50% mais veloz do que o permitido, não atender vítima de acidente e correr em via pública. Com informações do A Tarde.