PREFEITURA MUNICIPAL DE SERRINHA CONVIDA

PREFEITURA MUNICIPAL DE SERRINHA CONVIDA

PROGRAMAÇÃO DA CLUBE DE SEGUNDA A DOMINGO

PROGRAMAÇÃO DA CLUBE DE SEGUNDA A DOMINGO
8:00 BOM DIA CLUBE(MÚSICAS DO PASSADO E DA ATUALIDADE). 12:00 ROBERTO CARLOS ESPECIAL.13:00 BOA TARDE CLUBE(SÓ MÚSICAS DE QUALIDADE)16:00 NOS TEMPOS DA JOVEM GUARDA.17: FORRÓ DA CLUBE(TRIO NORDESTINO,JACINTO SILVA,LUIZ GONZAGA...)18:00 ESTUDO BÍBLÍCO COM CID MOREIRA. 18:30 PROGRAMA AMANDO SANTOS(JORNALISTICO)20:00 NOS TEMPOS DAS DISCOTECAS.21:00 CLUBE SERTANEJO(OS DOIS PROGRAMAS APRESENTADOS POR FRANCISCO RIBEIRO)00:00 PROGRAMAÇÃO LIVRE ATÉ AS 8:00 HS.

Você está ouvindo:Rádio Clube Serrinha.NET

A BIBLIA É A PALAVRA DE DEUS!

A BIBLIA É A PALAVRA DE DEUS!

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Prefeito Osni teve as contas rejeitadas,e volta a ficar nas mãos dos vereadores.

Olá meus amigos! quero mandar um abraço para o meu grande amigo Dr.Braúna,Médico dos mais conceituados do Estado.Grande amigo que eu tenho neste mundo de meu Deus!. Hoje me deparei com mais uma notícia sobre a administração do prefeito Osni Cardoso.Está em todos os meios de comunicação da Bahia.O negócio é o seguinte:Pela quarta vez consecutiva o prefeito teve suas contas rejeitadas pelo TCM(Tribunal de Contas dos Municípios)a situação é séria mesmo.

É bom explicar que Osni nunca teve qualquer tipo de dificuldade para aprovar suas contas com os votos dos vereadores dessa terra,e não será agora que os 14 representantes do povo irão decepciona-lo.Desta vez,porém,a coisa é mais séria.O Ministério Público do Estado recebeu o pedido do TCM para apurar algumas "irregularidades"que motivaram a rejeição das contas 2013.

A situação pega para o prefeito no quesito LICITAÇÃO PÚBLICA.Não resta dúvida que Osni vai ter uma baita dor de cabeça para administrar esta situação.Como se vê meus amigos,Os vereadores que reprovaram as contas de Tânia, filha de Carlos Mota(sem irregularidades)terão que um dia lhe pedir perdão pela maldade que fizeram com ela.Tânia foi 'castigada' por realizar obras e tratar os Serrinhenses com misericórdia.

Os 10 celulares mais reclamados no Brasil, segundo site


O site Reclame Aqui, que recebe diariamente queixas de consumidor sobre produtos, serviços, empresas e marcas, divulgou nesta semana a lista dos 10 celulares mais reclamados no Brasil.

No total, o site registrou 28.754 queixas de consumidores, realizadas nos últimos 12 meses (de 1º de outubro de 2013 a 30 de setembro de 2014), contra as marcas de celulares e as lojas de varejo físicas e virtuais.

No topo dos smartphones mais reclamados está o Moto G, da Motorola, com mais de 11.757 queixas de consumidores. Na segunda posição está o Galaxy S4, da Samsung. Cerca de 4.500 consumidores reclamaram do aparelho no Reclame Aqui no último ano. Fechando o top 5 dos mais reclamados estão: Moto X, da Motorola, com 2.967 registros, Galaxy S3, da Samsung, com 2.967 queixas, e o iPhone 5S, da Apple, com 1.845 reclamações.

Segundo o site, as principais queixas contras os aparelhos e as lojas estão relacionadas a problemas nas telas, bateria ruim ou ao atendimento  ruim. Confira abaixo o ranking completo do Reclame Aqui:

1. Motorola - Moto G - 11.757 reclamações

2. Samsung - Galaxy S4 - 4.468 reclamações

3. Motorola - Moto X - 2.967 reclamações

4. Samsung - Galaxy S3 - 2.226 reclamações

5. Apple - iPhone 5S - 1.845 reclamações

6. Apple - iPhone 5 - 1.724 reclamações

7. Sony - Xperia Z1 - 1.275 reclamações

8. Samsung - Galaxy Duos - 846 reclamações

9. LG - G2 - 825 reclamações

10. Samsung - Galaxy Gran Duos - 821 reclamações

Veja: PSDB faz bem em pedir auditoria das urnas; é crescente a desconfiança de milhões de eleitores


O PSDB decidiu pedir uma auditoria nas urnas eletrônicas. Já há alguns dias estou para tratar do assunto aqui. Eis a melhor hora. Faz sentido cobrar a verificação? Faz, sim., e vou dizer por quê. Como nunca antes na história “destepaiz”, para citar o Babalorixá de Banânina, multiplicaram-se as denúncias e as suspeitas de ocorrências estranhas envolvendo as urnas eletrônicas. Digo com clareza o que penso: pessoalmente, não acredito na possibilidade de fraude. Pessoas tecnicamente competentes, que conhecem a área, me dizem que seria muito difícil isso acontecer — há quem sustente ser impossível. Sem entrar em minudências, digo que me deixei convencer. Mas também não posso ignorar algumas coisas.

Minutos depois de desligadas as urnas, recebi esta mensagem em meu celular. Apago o nome do emissor porque não lhe pedi autorização para divulgar a mensagem. Sugiro que ele procure a Corregedoria do TSE para relatar o episódio.

Recebi a seguinte mensagem em meu celular:

denúncia lacre

Transcrevo:
“Sou presidente de mesa numa seção do Mackenzie — ele se refere a uma escola do bairro de Higienópolis, em São Paulo. Acabo de ser orientado a não lacrar o disquete/mídia da urna. Na verdade, não tenho nem envelope para lacrar, como é de costume. Foi dito que é em função da urgência para a apuração; que vão recolher rapidamente os disquetes, antes mesmo de entregar os outros materiais aos fiscais, para que seja levada rapidamente para apuração. Pra que a pressa se o Acre leva ainda mais não sei quantas horas?”

Se o coordenador jurídico do PSDB, deputado Carlos Sampaio, quiser mais dados, é só me procurar que eu os forneço. A não lacração, da forma como relata o presidente de mesa, poderia abrir caminho para alguma irregularidade? Não sei. É preciso verificar.

A fraude pode ser uma dessas lendas que surgem de vez em quando? É claro que sim! Feito a Loura do Banheiro que assediava crianças nas escolas. Reitero que tendo a não acreditar na fraude, mas é tal a quantidade de denúncias que alguma resposta precisa ser dada. Quando menos porque o eleitorado tem de acreditar na lisura do processo. Ou tenderá a se abster cada vez mais.

Uma coisa é fato: a descrença nas urnas não tem corte de escolaridade, de renda, de ideologia, de nada. É generalizada. Até compreendo os motivos. Nestes dias em que os anseios participativos estão aflorados, em que se fala até em democracia direta, o controle que a cidadania exerce sobre o sistema, convenham, é praticamente igual a zero. O tal sistema é obra para especialistas. Considerando que se trata de urna e eleição, não de uma usina nuclear, é justo que o eleitor queira saber mais a respeito.

Inconformismo

É claro que as múltiplas denúncias e a desconfiança inédita nas urnas refletem também o descontentamento de muitos milhões com o resultado da eleição, que deu a vitória a Dilma por pouco mais de três pontos. Há coisas interessantes em curso: já topei com pessoas, nesses quatro dias, que votaram na petista e se dizem agora arrependidas, mesmo com a onipresença da represidenta na televisão, em múltiplas entrevistas.

Que se faça a auditoria. Reitero que não tenho elementos para desconfiar das urnas, mas milhões de eleitores julgam ter, e eles merecem, sim, uma resposta.

Texto publicado originalmente às 4h20

Por Reinaldo Azevedo

Mais escolarizadas, mulheres recebem 68% da renda dos homens

Com índices de escolaridade superiores aos dos homens, as mulheres brasileiras continuam atrás quando analisados o rendimento e a inserção no mercado de trabalho. Os dados constam na pesquisa Estatísticas de Gênero, divulgada nesta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e correspondem a uma análise dos resultados do Censo Demográfico 2010.

Além de terem menor taxa de analfabetismo, de 9,1% contra 9,8% dos homens, as mulheres chegam mais ao nível superior, com uma taxa de 15,1% de frequência na população de 18 a 24 anos, enquanto os homens somam 11,3%. Também no ensino médio, as mulheres estão mais presentes na idade escolar certa, de 15 a 17 anos, com 52,2% de frequência, contra 42,4% dos homens.

Outro indicador que aponta maior escolarização feminina é a taxa de abandono escolar precoce, que contabiliza os jovens de 18 a 24 anos que não concluíram o ensino médio nem estavam estudando. Esse percentual chega a 31,9% entre as mulheres e 41,1% para os homens.

Apesar desse cenário, o rendimento mensal médio das mulheres equivalia a 68% do masculino, em 2010.

Para a coordenadora de População e Indicadores Sociais do IBGE, Bárbara Cobo, a delegação de tarefas às mulheres prejudica a igualdade no emprego e na renda: "por motivos que vão além das políticas educacionais e de mercado de trabalho, você não vê essa maior escolarização das mulheres sendo refletida em inserção no mercado de trabalho. Um dos principais motivos é a questão da maternidade. A mulher ainda enfrenta a questão da dupla jornada e, muitas vezes, os cuidados com pessoas da família e serviços domésticos ainda estão substancialmente a cargo delas", analisa.

Bárbara destaca que mulheres e homens têm salários parecidos no início da carreira, mas as diferenças se agravam ao longo da vida: "o desempenho dela depende da escolarização, mas também depende de políticas públicas que permitam que tenha onde deixar as crianças para trabalhar e da legislação trabalhista. Essa parte também pesa a partir do momento que as licenças maternidade e paternidade são muito diferenciadas. Em cargos de direção, você vê nitidamente a diferença de acesso entre homens e mulheres", disse a pesquisadora.

Em números absolutos, a pesquisa mostrou rendimento médio para os homens de 1.587 reais, contra 1.074 reais das mulheres. Em 2000, a desigualdade era ainda maior, com mulheres recebendo 65% do rendimento médio dos homens. Essa melhora, no entanto, não se deu em todas as partes do país, já que, no Norte e Nordeste, a taxa caiu de 71% e 72% para 69% e 68%, respectivamente. Os homens do Sudeste eram o grupo com maior renda, em 2010, com 1.847 reais, enquanto as mulheres do Nordeste tinham a menor, de 716 reais.

Segundo a pesquisa, Cuiabá é a capital em que a renda feminina chega mais perto da masculina, com 80%, enquanto em Curitiba a proporção fica em 63%. Entre 2000 e 2010, apenas Porto Velho e João Pessoa tiveram aumento da desigualdade de renda, com queda de 72% para 67%, na cidade nortista, e 71% para 69% na nordestina.

A taxa de atividade das mulheres com mais de 16 anos, que indica o percentual das que estão trabalhando ou procurando trabalho, cresceu entre 2000 e 2010 de 50,1% para 54,6%, enquanto a dos homens caiu de 79,7% para 75,7%. Quando analisada a formalização desse trabalho, a pesquisa mostra que os homens tiveram um crescimento maior no emprego com carteira assinada em relação às mulheres. Em 2000, 50% dos homens e 51,3% das mulheres tinham emprego formal, valores que aumentaram para 59,2% e 57,9% em 2010, respectivamente.

Entre as mulheres ocupadas, 19,2% têm nível superior, enquanto os homens somam 11,5%. Na outra ponta, 45,5% dos homens que trabalham não têm instrução ou declaram ter o ensino fundamental incompleto, taxa que é de 34,8% entre as mulheres.

Outra conclusão da pesquisa é que as mulheres são maioria em áreas de formação com menor remuneração. A presença delas é maior nas áreas de educação (83%) e humanidades e artes (74,2%), as duas com menor renda média: de 1.810,50 reais e 2.223,90 reais, respectivamente. Já na área de engenharia, produção e construção, que tem rendimento médio de 5.565,10 reais segundo o Censo 2010, elas são apenas 21,9% das pessoas formadas. A segunda área mais bem remunerada, agricultura e veterinária, com 4.310,60 reais de renda salarial, tem a segunda menor presença feminina (27,4%).

(Com Agência Brasil)

Procuradoria eleitoral pedirá cassação de eleitos por uso ilegal de igrejas

A Procuradoria Regional Eleitoral no Rio de Janeiro (PRE-RJ) vai pedir a cassação dos diplomas do deputado federal reeleito Francisco Floriano (PR) e do recém-eleito deputado estadual Milton Rangel (PSD), além de três religiosos das igrejas Mundial do Poder de Deus e Universal do Reino de Deus. Todos devem responder por abuso de poder econômico em virtude de terem usado templos em atividades da campanha eleitoral, o que não é permitido pela legislação. Segundo a PRE, os réus serão julgados por buscarem votos em celebrações religiosas, e podem ficar inelegíveis por oito anos. Um dos religiosos é Leonardo Carlos Machado, o pastor Léo, da Igreja Mundial do Poder de Deus, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Fiscais da Justiça Eleitoral apreenderam panfletos, cartões e adesivos que divulgavam as candidaturas de Floriano e Rangel. Os bispos Daniel Santos e Junior Reis, da Igreja Universal também são réus. A acusação contra eles é de uso dos templos de Del Castilho, na zona norte, e de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, para promoção dos candidatos a governador Marcelo Crivella (PRB), a deputados federais Roberto Sales e Rosângela Gomes (PRB) e a deputados estaduais Tia Ju (PRB) e Benedito Alves (PMDB). As ações movidas pelo procurador regional eleitoral, Paulo Roberto Bérenger, foram protocoladas no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ). Para ele, os templos não podem ser transformados em comitês eleitorais. “Em uma democracia a liberdade religiosa é plena, o que é inadmissível é a transformação de templos religiosos em comitês eleitorais”, analisou. Informações da Agência Brasil.

Prefeito de Serrinha tem contas rejeitadas pela quarta vez

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) rejeitou, nesta quinta-feira (30), as contas de 2013 do prefeito Osni Cardoso de Araújo, de Serrinha, no nordeste do estado. O relator do parecer, conselheiro José Alfredo Dias, determinou a aplicação de multa de R$ 2,5 mil além do pagamento de multas e juros por atraso no cumprimento de obrigações. Além das falhas cometidas na elaboração e revisão das peças contábeis, também teriam comprometido o mérito das contas as irregularidades remanescentes no relatório técnico, como a contratação de servidores sem a realização de prévio concurso público e a reincidência na prática de ilegalidades na execução da despesa e nos processos licitatórios. Segundo o TCM, as últimas três contas de Araújo também foram rejeitadas. Por isto, o tribunal determinou a instalação de uma representação no Ministério Público Estadual “em face do reiterado descumprimento de determinações, inclusive, para a cobrança de multas e ressarcimentos impostos pelo TCM”. O gestor ainda pode recorrer da decisão.

Tentar desmembrar parte do Brasil para constituir país independente é crime, alerta Senado

A página oficial do Senado Federal informou aos seus seguidores do Facebook que é contra a lei tentar desmembrar parte do território nacional para constituir país independente, na esteira da polêmica que surgiu após o segundo turno das eleições presidenciais. Nas redes sociais, internautas defenderam tanto a separação da região Nordeste do Brasil quanto a independência do estado de São Paulo. Um dos que defenderam publicamente isso foi o Coronel Telhada (PSDB), eleito deputado estadual.  “A Lei Nº 7.170, assinada em 1983 pelo presidente João Figueiredo, define os crimes contra a segurança nacional, a ordem política e social e estabelece formas de processo e julgamento. Em seu artigo 11, prevê pena de reclusão de 4 a 12 anos para quem ‘tentar desmembrar parte do território nacional para constituir país independente’. Veja a íntegra da Lei”, diz o perfil.

Consumo de energia elétrica cresce quase 3% em 12 meses

À medida que a economia do país expande, o consumo de energia elétrica segue o ritmo. Isso significa que, nos últimos 12 meses compreendidos entre outubro de 2013 e setembro de 2014, houve aumento de 2,9% no consumo. O destaque do indicador vai para o setor de comércio, que contabilizou aumento de 7,3% no gaste energético. O único segmento que não segue o fluxo é a indústria, que apresentou retração no consumo de 1,7%. O país consumiu 458.459 Gigawatts/hora (Gwh), em 2013, e 471.751 GWh em 2014, um aumento de 13.292 GWh. O maior crescimento neste período coube à Região Norte, com 8,7%. O Nordeste foi a penúltima região em gasto de energia, com aumento de 1,9%. O último a apresentar este crescimento foi o Sudeste, cujo segmento industrial registrou uma queda expressiva no consumo energético, de 3,4%, em 12 meses. Isso levou a região, que passa por séria crise hídrica, a aumentar somente 1,3% do consumo energético nacional. As informações foram divulgadas nesta quinta-feira (30) na Resenha Mensal de Energia Elétrica, publicada pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE).

‘Sempre tem um aperto’, diz Wagner sobre corte de gastos no fim do governo

O governador Jaques Wagner reconheceu, em entrevista ao A Tarde, que o corte de gastos extras determinados por decreto nesta quinta-feira (30), tem um caráter “um pouco mais impopular ou desagradável”. A limitação de despesas determina, entre outras medidas, que não serão admitidas novas contratações por Regime Especial de Direito Administrativo (Reda), o adiamento de férias de servidores administrativos previstas para dezembro e a suspensão da realização de eventos comemorativos. Wagner nega que o governo esteja fazendo “economia” de despesas e justifica que a dificuldade em fechar as contas é normal na transição de governo. “Sempre tem um aperto. Como tem aperto, é preciso tomar medidas saneadoras ou economizadoras para que você possa fechar a conta”, ponderou. Ele diz ter convicção de que fechará as contas. “Não tem nenhuma sangria desatada”, descartou. Com validade de 90 dias, a norma baixada nesta quinta (30) também estabelece que o poder público não poderá estabelecer novos contratos de prestação de serviços.

Petistas criticam PSDB por pedido de auditoria ao TSE

O ministro do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rossetto, classificou como "inacreditável" o pedido de auditoria do PSDB. "É inacreditável e vergonhoso. O PSDB insulta a democracia e o povo brasileiro", afirmou Rossetto, um dos coordenadores da campanha da presidente Dilma Rousseff. O PSDB protocolou nesta quinta-feira (30), no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pedido de auditoria para verificar o resultado das eleições. A legenda justifica que há "uma somatória de denúncias e desconfianças por parte da população brasileira" motivada pela decisão do tribunal de só divulgar o resultado da eleição presidencial após a votação no Acre. O candidato tucano Aécio Neves perdeu a disputa para Dilma Rousseff por uma diferença de 3,28 pontos percentuais. "É um desserviço à democracia e um desrespeito à vontade do povo", disse Rossetto, destacando que "historicamente" o TSE respeita o fuso horário do Acre - três horas de diferença em relação a Brasília -, antes de divulgar o primeiro resultado parcial, com o objetivo de não induzir o eleitor que ainda não votou. Outros petistas ouvidos pelo jornal O Estado de S. Paulo acusaram os tucanos de forçar um "3º turno" após a derrota nas urnas. Vice-presidente da Câmara, o deputado Arlindo Chinaglia (SP) considerou "lamentável" o comportamento do PSDB. "Se não apresenta prova e se orienta por boato, o partido desrespeita o TSE. Uma representação dessa é negar a lisura dos ministros do TSE", afirmou Chinaglia. "O PSDB está ultrapassando os limites do respeito a um processo democrático que se exige de todo e qualquer partido", disse o líder do governo na Câmara, deputado Henrique Fontana (RS), para quem a sigla adversária "está entrando perigosamente por um ambiente de 3.º turno que tangencia o desrespeito à vontade da maioria". O deputado Carlos Zarattini (SP) definiu como "muito grave" a ação movida pelo PSDB e disse que ela tem a finalidade de alimentar um ambiente de tensão. "O único objetivo disso é manter o clima de disputa e de acirramento." 

Roberto Carlos em Salvador: saiba quais são as exigências do Rei

Tão famosas quanto o rei Roberto Carlos são as suas manias. Mas, quando o assunto são as suas exigências nos shows que realiza pelo mundo, a majestade é bem mais simples. No dia 29 de novembro, quando sobre pela primeira vez no palco da Arena Fonte Nova, em Salvador, Roberto deve seguir o mesmo ritual que o acompanha há alguns anos. Saiba quanto custará os ingressos para o show na Arena.

Nada de pedidos megalomaníacos, mas basicamente a mesma estrutura montada, normalmente próxima ao palco onde se concentra durante o show e para receber alguns convidados. Na lista,  2 mil litros de água para o funcionamento dos banheiros, cozinha, refrigeração e limpeza. Bebida alcóolica? De nenhuma marca e em hipótese alguma. Para beber, só água mineral e refrigerantes do tipo zero. Para comer, pães , queijos, frutas e chocolates. E como não podia deixar de ser,a exigência mais do que imprescindível: dúzias das famosas rosas que distribui ao público ao final de cada apresentação. Detalhes: nas cores vermelha ou branca, sem espinhos e sem folhas. Em tempo: na Arena Fonte Nova, o espaço mais vip será o lounge Emoções. Em breve, mais detalhes.Fonte:primeoffer.com.br

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

69 ANOS DO TIRO DE GUERRA DE SERRINHA

Em comemoração aos 69 anos do Tiro de Guerra de Serrinha, criado em 1945, foi realizada na manhã desta quinta-feira (30), Formatura alusiva ao Aniversário do TG 06-014. O evento aconteceu na Praça Luiz Nogueira, e contou com a participação do 35° Batalhão de Infantaria de Feira de Santana.

Na oportunidade, o Prefeito de Serrinha, Osni Cardoso, junto a Autoridades Militares e Civis locais e de fora do município, no uso da palavra, falou para os presentes na solenidade, da satisfação em participar da comemoração do sexagésimo nono aniversário da instituição. “A história do Tiro de Guerra de Serrinha se funde com a própria história da cidade. Parabenizo esta Instituição que contribuiu e vem contribuindo na formação de tantos cidadãos serrinhenses”. Pontuou.

O Comandante do 35° Batalhão de Infantaria, Tenente Coronel Paulo Sérgio Brito, em seu pronunciamento, saudou os formandos e destacou que um TG se constitui como polos difusores do civismo, da cidadania e do patriotismo. No evento houve hasteamento das Bandeiras, canto do Hino Nacional, entrega de Diplomas de Amigo do Tiro de Guerra e o Desfile da Tropa.

Além dos Integrantes do 35° Batalhão de Infantaria, estiveram presentes também na cerimônia, a Banda de música da 6° Região Militar, os Atiradores do Tiro de Guerra, Integrantes do 16° Batalhão de Polícia Militar, Grupo de Agentes Mirins da Defesa Civil, familiares dos formando e munícipes.

A origem dos tiros de guerra remonta ao ano de 1902 com o nome de linhas de tiro, quando se fundou em Rio Grande (Rio Grande do Sul) uma sociedade de tiro ao alvo com finalidades militares, esta, a partir de 1916, no impulso da pregação de Olavo Bilac em prol do serviço militar obrigatório, transformou-se, com o apoio do poder municipal, nesse tipo de organização militar tão essencial à formação de reservistas brasileiros. Os Tiros de Guerra (TG) são Órgãos de Formação da Reserva (OFR), que possibilitam a prestação do Serviço Militar Inicial, no município sede do TG, dos convocados não incorporados em Organização Militar da Ativa (OMA), de modo a atender à instrução, conciliando o trabalho e o estudo do cidadão.Fonte:ASCOM/PREFEITURA MUNICIPAL SERRINHA

17% dos casais brasileiros brigam por dinheiro

São Paulo - Pesquisa feita pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e o portal de educação financeira Meu Bolso Feliz mostra que 16,7% dos casais brasileiros declaram que a maneira como gastam o dinheiro é motivo de brigas.

O percentual de conflitos aumenta para 22,7% entre os casais que têm contas em atraso. Ao analisar apenas os casais que estão com os pagamentos em dia, o índice cai para 10,7%.

Um em cada dez entrevistados também afirmam que não conseguem ceder à pressão dos filhos e acabam endividados. O estudo ouviu 656 consumidores de todas as capitais brasileiras.

Problema escondido

Na maioria dos casos, o conflito por dinheiro aparece disfarçado em discussões, aponta o educador financeiro do portal Meu Bolso Feliz, José Vignoli.

na maioria dos casos, conflito por dinheiro aparece disfarçado nas discussões Se falta dinheiro para jantar fora, por exemplo, a queixa que pode surgir é de falta de romantismo. Se não sobra recursos para comprar roupas, a discussão pode ser sobre o desleixo do parceiro. Se não há dinheiro para levar os filhos para sair, o conflito pode ser sobre falta de carinho e atenção, explica o educador.

O foco das brigas não é somente a falta de habilidade do parceiro em lidar com as finanças ou o fato de o casal não ter recursos financeiros suficientes, mas também a falta de consenso sobre hábitos de consumo.

Para evitar brigas, Vignoli diz que o melhor caminho é que o casal seja sincero sobre o assunto, crie objetivos financeiros em comum e faça um planejamento financeiro.

É necessário que ambos conversem sobre finanças, saibam qual é a renda total do casal, quem tem dívidas em atraso e quais são os sonhos e objetivos do parceiro.

Os filhos também precisam acompanhar a situação financeira da família e participar das decisões para entender os limites para o consumo, afirma o educador.

O QUE É SÍNDROME DO PÂNICO?

A síndrome do pânico é um tipo de transtorno de ansiedade no qual ocorrem ataques repetidos de medo intenso de que algo ruim aconteça de forma inesperada.

Consulte também: Distúrbio de ansiedade generalizada

Sinônimos
Causas
A causa é desconhecida A genética pode ser um fator determinante. Pesquisas indicam que, se um gêmeo idêntico tem síndrome do pânico, o outro gêmeo também desenvolverá o problema em 40% das vezes. No entanto, a síndrome do pânico em geral ocorre sem que haja nenhum histórico familiar.

A síndrome do pânico é duas vezes mais comum em mulheres do que em homens. Os sintomas normalmente começam antes dos 25 anos, mas podem ocorrer depois dos 30. Embora a síndrome do pânico ocorra em crianças, ela normalmente não é diagnosticada até que as crianças sejam mais velhas.

Exames
Muitas pessoas com síndrome do pânico buscam tratamento primeiro no pronto-socorro, pois os ataques de pânico parecem ataques cardíacos.

O médico realizará um exame físico, incluindo uma avaliação psiquiátrica.

Serão realizados exames de sangue. Outras doenças devem ser descartadas antes de diagnosticar a síndrome do pânico. Devem ser considerados distúrbios relacionados a abuso de drogas, pois os sintomas podem ser iguais aos de ataques de pânico.

 sintomas
Sintomas de Síndrome do pânico
O ataque de pânico começa de repente e, na maioria das vezes, atinge seu ápice dentro de 10 a 20 minutos. Alguns sintomas podem continuar por uma hora ou mais. Um ataque de pânico pode ser confundido com um ataque cardíaco.

Adam
Pânico pode ser confundido com ataque cardíaco
Os ataques de pânico podem incluir ansiedade por estar em uma situação da qual seria difícil escapar (como estar no meio de uma multidão ou viajando em um carro ou ônibus).

Uma pessoa com síndrome do pânico muitas vezes vive com medo de ter outro ataque e também pode ter medo de estar sozinho ou longe da ajuda médica.

As pessoas com síndrome do pânico têm pelo menos quatro dos seguintes sintomas durante um ataque:

Dor no peito ou desconforto
Tontura ou desmaio
Medo de morrer
Medo de perder o controle ou de uma tragédia iminente
Sensação de engasgar
Sentimentos de indiferença
Sensação de estar fora da realidade
Náuseas ou mal-estar estomacal
Dormência ou formigamento nas mãos, nos pés ou no rosto
Palpitações, ritmo cardíaco acelerado ou taquicardia
Sensação de falta de ar ou sufocamento
Suor, calafrios ou ondas de calor
Tremores
Os ataques de pânico podem alterar o comportamento em casa, na escola ou no trabalho. As pessoas com a síndrome do pânico muitas vezes se preocupam com os efeitos de seus ataques de pânico.

As pessoas com essa síndrome podem ter sintomas de:

Alcoolismo
Depressão
Abuso de drogas
Os ataques de pânico não podem ser previstos. Pelo menos nos estágios iniciais do transtorno, não há nada específico que desencadeie o ataque. Lembrar de um ataque anterior pode desencadear ataques de pânico.


Síndrome do pânico: transtorno de ansiedade gera ataques de medo intenso
Buscando ajuda médica
Marque uma consulta com o médico se os ataques de pânico estiverem interferindo em seu trabalho, relações ou autoestima.

tratamento e cuidados
Tratamento de Síndrome do pânico
O objetivo do tratamento é ajudar você a agir normalmente na vida cotidiana. Uma combinação entre medicamentos e terapia cognitivo-comportamental (TCC) funciona melhor.

Fluoxetina (Prozac)
Sertralina (Zoloft)
Paroxetina (Paxil)
Outros ISRSs
Outros medicamentos que podem ser usados incluem:

Outros tipos de antidepressivos, como inibidores de recaptação da serotonina e norepinefrina (IRSNs)
Medicamentos anticonvulsivos, em casos graves
Benzodiazepinas, inclusive diazepam (Valium), alpralozam (Xanax), clonazepam (Klonopin) e lorazepam (Ativan), podem ser usados por um curto período.
Os inibidores da monoamina oxidase (IMAO) só são usados quando as outras drogas não funcionam, porém eles podem ter efeitos colaterais graves.
Os sintomas devem desaparecer lentamente em algumas semanas. Se não melhorarem, converse com seu médico. Não suspenda a medicação sem antes consultar seu médico.

A terapia cognitivo-comportamental ajuda a entender seus comportamentos e o que fazer para mudá-los. Você deverá fazer de 10 a 20 visitas ao terapeuta durante várias semanas. Durante a terapia, você aprenderá a:

Entender e controlar as visões distorcidas dos estressores da vida, como o comportamento de outras pessoas ou eventos importantes.
Reconhecer e substituir os pensamentos que causam pânico, diminuindo o sentimento de impotência.
Gerenciar o estresse e relaxar quando os sintomas ocorrerem.
Imaginar as situações que causam a ansiedade, começando pela menos assustadora. Envolver-se lentamente com as situações da vida real pode ajudá-lo a superar os medos.
As seguintes ações também podem ajudar a reduzir o número e a gravidade dos ataques de pânico:

Fazer exercícios regulares
Dormir o suficiente
Fazer refeições regulares
Reduzir ou evitar a cafeína, alguns remédios para gripe e estimulantes.Fonte:minhavida.com.br

Campanha de Aécio utilizou pesquisa com dados enganosos, confirma Instituto de pesquisa

O Instituto Veritá confirmou ao jornal Folha de S. Paulo que uma pesquisa de intenção de votos feita pela entidade foi divulgada pela propaganda do candidato derrotado Aécio Neves (PSDB) com os dados equivocados. A informação infudada seria a liderança de Aécio em Minas Gerais, com 14 pontos de vantagem sobre Dilma Rousseff (PT). A pesquisa o mostrava com 57%, ante 43% da petista. A pesquisa nacional para presidente contou com 5.161 entrevistas, sob o registro BR-01067/2014 no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Apesar do total de entrevistados em Minas serem o suficiente para compor o quadro nacional, era insuficiente para retratar a realidade local, pois foram ouvidos somente 561 eleitores na região. Mesmo assim, a campanha usufruiu dos dados, mesmo sendo pontuado pelo próprio Instituto que não necessariamente o índice representava a intenção de votos de Minas Gerais. De acordo com registro no TSE, o Instituto seria tanto o contratado como o contratante da pesquisa.

Instituto contratado por ACM Neto previu ascensão de Rui duas semanas antes da eleição


Duas semanas antes da eleição, o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), já sabia que o candidato do DEM ao governo do estado, Paulo Souto, perdia terreno para a ascensão do petista Rui Costa. Segundo a coluna Raio Laser, da Tribuna da Bahia, ACM Neto relatou a contratação de um instituto para avaliar a situação eleitoral da Bahia sem o conhecimento da campanha de Souto. De acordo com a coluna, o prefeito da capital baiana se preparou antecipadamente para uma eventual derrota, pois as pesquisas contratadas pela coordenação de campanha indicavam o contrário. Fontes do Bahia Notícias, porém, identificaram que ACM Neto contratou o instituto baiano Dataqualy. Que cravou a guinada confirmada nas urnas em 5 de outubro.Fonte:Bahia Noticias

Advogado de Youssef chama matéria da Veja de ‘divulgação distorcida’: ‘fonte mentiu ou é má-fé’

O advogado que representa Alberto Youssef, Antonio Figueiredo Basto, negou que tenha relação com a divulgação de supostas informações prestadas por seu cliente pela revista Veja. Segundo a publicação , o doleiro teria assumido para a Polícia Federal (PF), no âmbito da delação premiada, que a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sabiam do esquema de corrupção na Petrobras. "Asseguro que eu e minha equipe não tivemos nenhuma participação nessa divulgação distorcida", afirmou ao Valor Econômico. Segundo ele, diferente do que afirma a Veja, não houve nenhuma declaração de Youssef feita no dia 22 de outubro. "Nesse dia não houve depoimento no âmbito da delação. Isso é mentira. Desafio qualquer um a provar que houve oitiva da delação premiada na quarta-feira", afirmou Basto, irritado. O advogado diz ainda que a informação de que o depoimento teria ocorrido na quarta para que fosse feita uma retificação sobre o que o doleiro havia afirmado no dia anterior. "Não houve retificação alguma. Ou a fonte da matéria mentiu ou isso é má-fé mesmo", acusa o defensor. Na sexta-feira (24), o o superintendente da (PF) no Paraná, delegado Rosalvo Ferreira Franco, determinou abertura de inquérito para apurar "o acesso de terceiros" ao conteúdo do depoimento prestado por Youssef.

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

SERGIPE VAI RECEBER A FILARMÔNICA 30 DE JUNHO

Neste final de semana o Coral da Filarmônica 30 de Junho estará na capital sergipana, precisamente em Barra dos Coqueiros-Se, onde pelo segundo ano consecutivo participará do II Encontro Nacional de Corais - Cantos na Ilha. O evento é marcado pela presença de vários Corais de outros estados do Brasil e mais uma vez a cidade de Serrinha-Ba, através da Sociedade Recreativa e Cultural Filarmônica 30 de Junho, terá um representante nesse belíssimo encontro.

Reinaldo Azevedo:Separatismo é conversa de cretinos — não importa se vermelhos ou azuis


Essa conversa sobre separatismo no Brasil é asquerosa, é revoltante. Foi inventada por Lula, e, claro!, os porta-vozes do PT na imprensa logo aderiram à tese, atribuindo a adversários do PT o rancor separatista.

Ainda voltarei ao assunto, sim. Não! Não foram Norte e Nordeste que deram a vitória a Dilma porque há lá, se me desculpam a tautologia, muitos nortistas e nordestinos. A questão é de outra natureza: está relacionada à pobreza, que se concentra, como se sabe, no Norte e Nordeste do país — onde, de fato, está o maior número de pessoas atendidas pelo Bolsa Família. A questão é bem mais séria. Um programa social, que tem apenas o condão de tirar as pessoas da miséria e da indigência social e econômica, transformou-se numa máquina de produzir votos — e isso, sim, é imoral.

A população pobre, além de vítima das circunstâncias, não pode agora ser responsabilizada por um resultado eleitoral que eu também acho ruim para o Brasil. Vou escrever sobre tudo isso com mais vagar. De imediato, acho que é hora de a gente rechaçar essas teses de Nordeste contra Sudeste, não importa quem a advogue, sejam os petistas, obedecendo à orientação de Lula, sejam os seus adversários.

Aliás, Lula, ele mesmo, deveria ter vergonha de investir nessa história: afinal, é um nordestino que se tornou a maior liderança nacional no Sudeste. Durante um bom tempo, diga-se, ele despertava temores extremos justamente na população do… Nordeste!

Rebatam essa besteira. Esse negócio de falar em separatismo é um atentado à inteligência, ao bom senso e até à decência. Voltarei a esse assunto neste blog e falarei a respeito na minha coluna de amanhã, na Folha.

Quem fala em separar o Sudeste e o Sul do resto do Brasil, lamento!, não entendeu nada. Ao contrário: precisamos é somar esforços com os pobres do Brasil, do Nordeste ou não, para que eles se libertem da caridade que hoje os escraviza e os torna alvos fáceis do terrorismo de um partido político.

Por Reinaldo Azevedo-( Foto)

Pinheiro quer extinguir reeleição e fixar mandatos coincidentes através de PEC

O senador Walter Pinheiro (PT-BA) apresentou, nesta quarta-feira (29), uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para implementar a reforma eleitoral do sistema representativo nos poderes Executivo e Legislativo dos três níveis de Governo.

A PEC estabelece a coincidência das eleições, proíbe a reeleição para cargos do Poder Executivo, dispõe sobre o acesso ao fundo partidário e estabelece regras de transição. As mudanças somente valerão, porém, se aprovadas em referendo popular.

Segundo a proposta, ficam inelegíveis no período imediatamente subsequente ao seu mandato o Presidente da República, os Governadores de Estado e do Distrito Federal, os Prefeitos e quem os houver sucedido ou substituído nos seis meses anteriores ao pleito. Assim, para voltar a exercer o mesmo cargo, será preciso aguardar um intervalo de pelo menos cinco anos.

A PEC propõe, ainda, para viabilizar o fim da reeleição para cargos do Executivo e a coincidência das eleições, que os mandatos de todos os dirigentes e parlamentares passem a ser de cinco anos, em lugar de quatro. Assim, Presidente, Governadores, Prefeitos, Senadores, Deputados Federais, Estaduais e Distritais e vereadores terão mandatos de cinco anos. As novas regras, porém, somente serão aplicáveis nas eleições para Presidente da República, Governadores, Senadores, Deputados Federais, Estaduais e Distritais a ocorrer em 2018.

Senado

Os Senadores eleitos em 2014 (um por Estado), e cujo mandato se encerraria em 2022, terão seus mandatos de 8 anos preservados, e ainda prorrogados até 31 de janeiro de 2024, assegurando, assim, a coincidência dos mandatos a partir da eleição que ocorrerá em 2023. Os senadores eleitos em 2018 teriam mandatos de somente cinco anos. Dessa forma, partir da eleição de 2023, a renovação do Senado Federal dar-se-á integralmente a cada cinco anos, assim como na Câmara dos Deputados, e não mais como ocorre hoje, onde a eleição renova, alternadamente, um terço e dois terços da composição do Senado.

Prefeitos e Vereadores

Quanto aos Prefeitos e Vereadores, cujas eleições ocorrerão em 2016 e 2020, a PEC estabelece que os eleitos em 2020 terão mandatos de três anos. Assim, somente na eleição de 2023 a regra terá sua aplicação plena para todos os cargos eletivos.

Mesas Diretoras dos Legislativos

Em consequência da alteração para 5 anos, os mandatos das mesas diretoras dos legislativos terão duração diferenciada. Mantida a posse dos parlamentares em 2 de fevereiro, as Casas elegerão as respectivas mesas para mandatos de 3 anos e, dois anos depois, para mandato de 2 anos. Quem houver exercido o mandato de 2 anos poderá, como ocorre atualmente, ser reconduzido para o primeiro período da legislatura seguinte.

Fundo e propaganda partidária

Quanto ao fundo partidário, somente terão direito aos recursos, bem como ao acesso à propaganda eleitoral gratuita, os partidos que tenham obtido, na última eleição para a Câmara dos Deputados, pelo menos 5% dos votos apurados, não computados os em branco e os nulos, distribuídos em, pelo menos, um terço dos Estados, com um mínimo de 3% do total de cada um deles, e que tenham eleito pelo menos um representante para a Câmara dos Deputados ou Senado Federal na eleição imediatamente anterior. Assim, partidos que não tenham pelo menos um representante, ou que, mesmo tendo eleito representantes para qualquer das Casas do Congresso, não tenham atingido esses percentuais dos votos apurados, não poderão ter acesso aos recursos públicos. Trata-se de uma “cláusula de barreira” que visa inibir a pulverização do sistema partidário e do acesso a esses recursos.

Como regra de transição, nas duas eleições gerais subsequentes à entrada em vigor da PEC, fica assegurado o direito aos recursos do fundo partidário e ao horário eleitoral gratuito aos partidos que tenham obtido, na eleição para a Câmara dos Deputados, três e quatro por cento dos votos válidos apurados, respectivamente, nas eleições de 2018 e 2023, distribuídos em, pelo menos, um terço dos Estados, com um mínimo de três por cento do total de cada um deles.

Diretórios regionais

A PEC define, ainda, como requisito para o funcionamento dos partidos, o registro de diretórios regionais em metade mais um dos Estados. A Lei Eleitoral em vigor exige, para caracterização do caráter nacional dos partidos, apenas que o seu pedido de registro tenha o apoiamento de eleitores em número correspondente a, pelo menos, 0,5% dos votos válidos dados na última eleição geral para a Câmara dos Deputados, distribuído em pelo menos um terço, ou mais, dos Estados, e em cada um deles deve haver apoiamento de 0,1% dos eleitores que tenham votado. Assim, além desses requisitos, que não serão afastados, o partido deverá também comprovar o seu regular funcionamento em pelo menos 14 Estados, em lugar dos 11 atualmente previstos na legislação ordinária.Fonte:Bocão News

‘Ninguém está autorizado para anunciar nomes de secretários’, diz Rui

Após apresentar os nomes para compor a comissão de transição, coordenada pelo secretário da Fazenda, Manoel Vitório, o governador eleito Rui Costa (PT) frisou que o primeiro e segundo escalão do próximo governo só serão anunciados entre 1º e 10 de dezembro. “Ninguém está autorizado para anunciar nomes dos secretários. Vamos reduzir algumas secretarias, mas o objetivo é melhorar a gestão”, afirmou Rui, durante coletiva de imprensa nesta quarta-feira (29) na governadoria. Segundo ele, um novo projeto administrativo deve ser encaminhado à Assembleia Legislativa até o dia 30 de novembro, para buscar otimizar o desempenho da equipe de governo a partir de 1º de janeiro. “Conversei com o presidente Marcelo Nilo e vou levar pessoalmente o projeto para conversar com os deputados”, indicou o governador eleito. A equipe de transição terá reuniões na sede da Fundação Luís Eduardo Magalhães, onde Rui participará de encontros com representantes de partidos após o retorno das “férias” de 15 dias. Para o atual governador, Jaques Wagner, que assinou o decreto nomeando a equipe de transição, com perfil iminentemente técnico, o grupo não terá dificuldades, pois conhece a gestão. “A minha preocupação agora é o ajustamento fiscal. Não indico secretários, a indicação é toda de Rui. Estou ‘saindo’ para o conselho de administração. As decisões cabem à ele (Rui Costa) e à equipe dele. Olhar para frente é sempre uma outra coisa”, indicou Wagner. Instantes antes da coletiva, Wagner e Rui protagonizaram um momento inusitado. Após atender pedidos da imprensa para ficarem lado a lado, Wagner pediu “cuidado”. “Só não me empurre para fora da mesa”, brincou o atual chefe do Executivo baiano. Fonte:Bahia Noticias

Padre se enforca após confessar ter abusado de menor de 13 anos

Um padre se enforcou na sacristia da diocese de Trieste, na Itália, depois de admitir que abusou de uma menina de 13 anos. Em conversa no último sábado (25) com o seu bispo, o sacerdote Don Max Suard, 48, admitiu as ações graves que cometeu e quis dois dias para preparar uma carta em que pedia perdão a Deus à igreja e à vítima. O bispo, monsenhor Giampaolo Crepaldi, encontrou Don Max enforcado na sacristia quando foi informar oficialmente a sua expulsão e abertura de um procedimento canônico. Fonte:Bahia Noticias

Wagner diz que está cotado ‘para tudo, até para presidente do Bahia’

Para além das especulações para a Esplanada dos Ministérios no próximo mandato da presidente Dilma Rousseff (PT), o governador Jaques Wagner (PT) brincou que está cotado “para tudo, até para presidente do Bahia”. Após arrancar gargalhadas na coletiva de imprensa na tarde desta quarta-feira (29), Wagner explicou. “A gente tem preferência quando está no restaurante e pode escolher. Aqui na verdade, se for o caso, eu serei escolhido para alguma missão com a presidente Dilma, que terei o orgulho de fazer”, ponderou. “Ela até agora não fez nenhuma conversa, que eu saiba, com ninguém sobre a montagem do governo. Ela disse que antes da viagem dela para o G20 na Austrália vai anunciar o novo ministro da Fazenda e tudo vai começar por aí”, indicou. Citado pela imprensa como virtual ministro da Fazenda ou da Casa Civil, o governador descartou ambas as opções. “Não tem chance de eu ir para Fazenda, porque eu acho que se ela tem uma demanda que veio das ruas, não tá na hora de inventar. Na Casa Civil, (Aloizio) Mercadante está muito bem lá, não creio que ela vai tirá-lo de lá”, sugeriu Wagner. Segundo ele, o aparecimento do nome dele como eventual ministro é resultado do papel político dele e também do bom relacionamento com a própria Dilma e com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Como todo mundo fala que a gente precisa de uma conciliação e o meu estilo sempre foi de negociador, então as pessoas ficam dizendo vai para cá ou vai pra lá. Eu fico preocupado porque quando dizem que a gente vai para muito lugar, a gente acaba não ficando em nenhum (risos). Mas também não me preocupa isso. Para ajudar o projeto, sem falsa modéstia, eu não preciso estar em nenhum cargo”, afirmou. Wagner, no entanto, antecipou que existe certa torcida contrária: “Se depender da família, ela está doida para eu não ser convidado.”

'Isso não cabe nenhum tipo de negociação', diz Rui sobre processos contra ACM Neto

O governador eleito Rui Costa (PT) deixou claro que não deixará de processar o prefeito ACM Neto por conta das declarações feitas no período de campanha sobre as denúncias feitas pela presidente da ONG Instituto Brasil, Dalva Sele Paiva. “Isso não cabe nenhum tipo de negociação”, sentenciou. “É um direito da democracia, quem foi caluniado possa recorrer à Justiça para que o dano causado seja reparado”, acrescentou. Apesar de não abrir mão das ações judiciais, ele delegou a seus advogados a preocupação com o andamento dos processos.  “Eu encomendei, nem sei em que pé está – se você me disser em que pé está cada processo eu não sei – porque eu fiz essas encomendas aos advogados e vou deixar todas elas com eles e não vou dedicar muito tempo a isso”, disse.

Serrinha:Osni Cardoso convidou Vardinho para ser seu candidato

Olá meus amigos! Quero agradecer a  Gilberto Carvalho que ocupa uma função importante da administração do prefeito Osni.Gil,como é chamado pelos amigos,é um cara humano,e sempre à disposição da população pobre.Ex-Secretário de Saúde do Município,Gilberto deixou sua marca positiva por lá.Os Serrinhenses cobram o retorno do ex-secretário. Olha meus amigos: Na Rádio Regional programa passando a limpo,o Deputado eleito Gika da Borracharia,disse que não tem interesse em abrir mão do seu mandato para assumir uma possível vaga deixado por Osni,caso ele seja convidado a assumir uma secretaria no governo de Rui Costa.Ok,só,que,uma fonte ligou pra mim para informar o seguinte: "Zé,apure,mais posso te informar sem medo de ser desmentido,que o prefeito Osni convidou o empresário Vardinho Serra para ser o candidato do governo na próxima eleição".Perguntei;E ele vai ter o apoio de Ferreirinha? Resposta:"Vai.Para isso,o ex-prefeito quer a permanência de Edylene na presidência da Câmara e a indicação de um nome para assumir a Secretaria de Saúde".Fiz outra pergunta:Qual a posição do empresário Vardinho ? " Ele anda conversando com seus familiares e amigos.Não deu resposta ainda.Mais está balançado".Finalizou. Foto:Inspetor da policia Rodoviária,Joel Moraes(direita)Vardinho(meio)Osni(esquerda)

Vereadora Edylene Ferreira: "Aprovação de contas é prova de honestidade"

Caros serrinhenses:

Quando infelizmente a maioria das contas dos gestores públicos são reprovadas pelos tribunais, acabo de receber a informação de que as da Câmara de Vereadores de Serrinha referente ao ano de 2013, foram aprovadas. Sendo eu Presidente da nossa Casa Legislativa, ao receber tal notícia não me envaideço por isso, até pq é nossa obrigação zelar e administrar recursos públicos com honestidade, transparência e lisura. Tenho a consciência tranquila de que, ao lado da minha equipe, sempre procuramos fazer o melhor. Não posso negar que tal decisão me honra, também aumenta nossa responsabilidade, pois aprovação de contas hoje em dia não é coisa corriqueira, infelizmente. Continuarei sempre com o objetivo de atender os anseios da nossa população, com ética e responsabilidade. Obrigado Serrinha por depositar em nós a confiança e o respeito, isso será retribuído em forma de trabalho e ações. Um abraço.Fonte:Texto:Vereadora Edylene Ferreira.

Nelson Pelegrino pode ganhar secretaria de Rui Costa

O governador eleito Rui Costa (PT) avalia seriamente a possibilidade de entregar uma secretaria ao deputado federal Nelson Pelegrino. Com a iniciativa, mataria dois coelhos de uma só cajadada: além de encurtar o caminho para a entrega de um mandato ao ex-secretário estadual Robinson Almeida (Comunicação), que ficou na terceira suplência entre os candidatos à Câmara na coligação governista, atenderia a um desejo de um dos parlamentares que se mantiveram mais firmes ao seu lado durante os momentos mais difíceis da campanha, enquanto ele não subia nas pesquisas e a grande maioria achava que não conseguiria se eleger governador.

Pelegrino vê a ocupação de um cargo de primeiro escalão no governo como uma forma de se reconciliar com o eleitorado de Salvador, cuja Prefeitura não sai de seus planos conquistar no que seria sua quinta tentativa. Depois de perder a sucessão para ACM Neto em 2012, o PT imaginava que ele mantivesse uma votação estrondosa na capital baiana na corrida pela reeleição agora, mas seus votos minguaram para pouco mais de 111 mil.

Sua presença em Salvador, garantida pela indicação a um posto de relevância na administração estadual, seria a forma de resgatar o eleitorado de Salvador e se manter no jogo para 2016, ano da sucessão do prefeito, num momento em que, percebendo o “vácuo” que se abriu no governismo em decorrência da falta de uma candidatura natural do PT à Prefeitura, novos nomes começam a se insinuar entre os governistas para disputar a Prefeitura. Um dos primeiros deles foi o presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Marcelo Nilo, do PDT. Rui pretende anunciar seu secretariado todo de uma vez entre os dias 1° e 10 de dezembro.Fonte:Informa1

Carreta com óleo diesel tomba e explode em viaduto


Uma carreta carregada com 35 mil litros de óleo diesel tombou e explodiu na manhã desta quarta-feira (29), no viaduto do bairro Cidade Nova, próximo ao Centro Social Urbano (CSU), em Feira de Santana.

Segundo informações de um motorista que estava trafegando pela rodovia, o carreteiro pulou do veículo quando percebeu que a carreta estava pegando fogo e o veículo tombou depois de bater na mureta do viaduto. A testemunha disse também que o veículo derramava bastante óleo antes de bater e explodir.

Uma outra versão do acidente afirma que o condutor da carrega trafegava com cerca de 60 Km/h e que tombou ao passar por uma curva.
Ao Acorda Cidade, o motorista da carreta, Adelino Santiago, 44 anos, disse que seguia de Salvador para Petrolina e não soube informar o que aconteceu. Populares acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que socorreu a vítima para o Hospital Geral Clériston Andrade.Fonte:Acorda Cidade

Wagner pode ir para Minas e Energia ou Relações Institucionais


A reeleiçao da presidente Dilma Rousseff (PT) tem colocado em debate a formação da equipe da petista para o novo mandato. Nesse cenário, o governador da Bahia, Jaques Wagner (PT) é visto como nome certo no governo Dilma.

O chefe do Executivo baiano, que entrega seu posto em dezembro desse ano para o correligionário Rui Costa, eleito governador no primeiro turno dessa eleição, é cotado para a Casa Civil, mas a imprensa paulista tem apontado outros rumos dentro do alto escalão que têm chance de alocar Wagner.

Segundo reportagem da Folha de S. Paulo dessa quarta-feira (29), o petista poderá ocupar o Ministério das Relações Institucionais, pasta que cuida da ponte política entre o Palácio do Planalto e o Congresso Nacional. O atual ministro, Ricardo Berzoini, iria para o Ministério das Comunicações, que seria um interesse do Partido dos Trabalhadores.

Já o Estadão, concorrente direto da Folha, aponta que o líder da Bahia é uma aposta para o Ministério de Minas e Energia. Petistas estariam defendendo Wagner no posto, que teria a missão de resolver dois pepinos: o caso de corrupção na Petrobras e a crise no setor de energia, onde empresas distribuidoras estão com problemas de caixa e o setor sucroalcooleiro enfrenta fechamento de aproximadamente 60 usinas.Fonte:Bahia Noticias

PSDB diz que ideias de Coronel Telhada são "xenófobas"

As declarações do Coronel Telhada (PSDB-SP) foram rechaçadas até mesmo pela sua sigla. Em sua conta de Facebook, no domingo (26), o deputado estadual eleito escreveu: "Acho que chegou a hora de São Paulo se separar do resto desse país...". O PSDB de São Paulo emitiu nota nesta terça-feira (28) em que repudia a declaração do atual vereador: "O PSDB e sua bancada na Câmara Municipal de São Paulo esclarecem que não compartilham com tais ideias que consideramos xenófobas. O Partido sempre trabalhou e luta pela igualdade entre as pessoas, sem distinção de origem, religião, gênero e orientação sexual; e pela soberania nacional", diz a nota. A sigla ressaltou ainda que é contrário à discriminação de regiões. "Reiteramos que não concordamos, em hipótese alguma, com quaisquer declarações preconceituosas contra nordestinos ou contra beneficiários de programas sociais".